Planalto vê Moro insignificante e LULA um monstro político que pode devorar Bolsonaro

25/11/2021 0 Por Redação Urbs Magna
Planalto vê Moro insignificante e LULA um monstro político que pode devorar Bolsonaro

O ex-presidente LULA, o presidente da República, Jair Bolsonaro, e o ex-juiz Sergio Moro | Sobreposição de imagens


PROGRESSISTAS POR UM BRASIL SOBERANO

Pior cenário previsto para a eleição presidencial de 2022 é o que tem Eduardo Leite se viabilizando e o ex-ministro da Justiça sequer entrando na disputa

O governo vem fazendo pesquisas de opinião projetadas para as eleições de 2022 e tem se baseado nelas para concluir que a aposta continua sendo um segundo turno entre o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, e o ex-presidente LULA.

De acordo com Caio Junqueira para a CNN Brasil, a terceira via não alterou o cenário eleitoral.

Traduzindo para o popular, os questionamentos do Planalto ao povo brasileiro mostram um Moro insignificante e LULA o monstro que vai engolir Bolsonaro.

Junqueira diz que o pior cenário previsto hoje pelo governo é aquele no qual o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, se viabiliza e o ex-ministro da Justiça Sergio Moro não entra na disputa.

Isso porque o governo avalia que o voto de Leite é concentrado na centro-esquerda e em um eventual segundo turno migrariam para Lula, escreve o jornalista.

Comente