Para o PT, Bolsonaro é mais fácil de ser batido em 2022 do que um centrista

10/12/2019 1 Por Redação Urbs Magna
Compartilhe

O PT analisa que a manutenção da aprovação de Jair Bolsonaro no patamar de 30%, como mostrou o Datafolha no domingo (8), afunila o caminho do centro político para lançar um candidato.


De acordo com a Coluna da Jornalista Mônica Bergamo, na Folha de São Paulo desta terça (10), “a notícia agrada” porque o presidente seria facilmente derrotado nas próximas eleições.

Telegram: Acesse e SIGA NOSSO CANAL




“O partido acredita que Bolsonaro é um candidato mais fácil de ser batido nas próximas eleições presidenciais do que um centrista, que agregaria mais setores sociais na disputa”, escreveu Bergamo em sua coluna.

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.
Compartilhe