Suspeito de ser mandante do assassinato de Marielle é autor do projeto da igreja de Michelle Bolsonaro com 5 andares

Por Redação Urbs Magna

Os autores do projeto são Inaldo Silva (PRB), Felipe Michel (PSDB) e Marcello Siciliano (PHS). Siciliano é investigado pela suspeita de ser mandante do assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes. Na manhã de sexta, dia 14, a Polícia Civil do Rio e o Ministério Público cumpriram mandado de busca e apreensão em sua casa, que também fica na Barra. A operação tinha relação com a execução de Marielle e de Anderson.

Anúncios

Entre juizecos e ministrecos, Lula é cada vez maior neste cenário de injustiça e covardia

Por Redação Urbs Magna

O ministro Marco Aurélio Melo, do Supremo Tribunal Federal, surpreendeu o país às proximidades do Natal ao determinar, através de liminar, a libertação de todos os presos condenados em segunda instância, o que beneficiaria o ex-presidente Lula, preso desde abril em Curitiba. Marco Aurélio, o primeiro ministro do Supremo a ter coragem para cumprir a Constituição – a que ponto chegamos, onde é preciso coragem para o cumprimento da Carta Magna que estabeleceu a presunção de inocência – disse que “se o Supremo ainda for Supremo a sua decisão teria de ser obedecida”. Ficou provado que não é mais. Ao derrubar em tempo recorde a liminar, o ministro Dias Toffoli confirmou que o Supremo há muito deixou de ser Supremo, não passando hoje de um boteco que pode ser fechado a qualquer momento por um cabo e um soldado. A Corte Suprema, que vergonhosamente rasgou a Constituição para se transformar em instrumento de interesses políticos, se apequenou por conta do enorme temor que a elite tem de Lula, aliado ao inexplicável ódio das classes dominantes, o que fez do ex-presidente o homem mais temido do país. Mesmo preso, despojado de tudo e até dos seus bens, Lula mete medo até a generais.

[Vídeo] Não há nada mais subversivo hoje do que pedir ‘Lula Livre’ – o Brasil inaugurou a Era em que uma sociedade de bucéfalos viola todos os Direitos Humanos

Por Redação Urbs Magna

Aconteceu durante a cerimônia de diplomação dos candidatos eleitos em Minas Gerais, nesta quarta-feira (19) e teve agressão física entre os deputados federais eleitos Rogério Correia (PT) e Cabo Junio Amaral (PSL).

Piada pronta do fim do governo Temer: o museu de sua presidência em Itu

Por Redação Urbs Magna

Uma das vantagens de acompanhar a passagem do tempo é que a pessoa tem direito de rir de piada pronta. Numa das cenas finais de um governo que a maioria absoluta dos brasileiros e brasileiras gostaria que não tivesse existido, Michel Temer foi até Itu, no interior de São Paulo, para a inauguração do “Centro de Memória Presidente Michel Temer”.

Putin não descarta uma guerra nuclear – “Estamos testemunhando o colapso do sistema internacional de limitação de armas e o início de uma nova corrida armamentista”, disse

Por Redação Urbs Magna

“Estamos testemunhando o colapso do sistema internacional de limitação de armas e o início de uma nova corrida armamentista”, disse Putin a 1.700 jornalistas russos e estrangeiros. De acordo com suas palavras, e referindo-se a anúncio de Washington de abandonar o Tratado Intermediate Forças Nucleares (INF), de 1987, que estipulava o desmantelamento de todos os foguetes de curto e médio alcance “, isso é difícil de imaginar como a situação vai evoluir. Se estes mísseis aparecem na Europa, o que devemos fazer? É claro que teremos que garantir nossa própria segurança ”.

Vanessa Grazziotin: a luta continua!

Por Redação Urbs Magna

Após três décadas ininterruptas de mandatos (vereadora, deputada federal e senadora), Vanessa Grazziotin (PCdoB) fez nesta quinta (20) o seu discurso de despedida do parlamento. No próximo ano, na condição de militante do PCdoB, ela destacou que continuará na luta em defesa do Amazonas e do Brasil.

Dias Toffoli, o covarde, deixou Lula preso mas poderá soltar o médium João de Deus

Por Redação Urbs Magna

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) poderá decidir nesta sexta (21) habeas corpus pedindo a liberdade do curandeiro acusado de abusos sexuais. Ministros da suprema corte já frequentaram a Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia (GO), em busca de cura de doenças. João de Deus está preso preventivamente há cinco dias no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia (GO).