Operadora de caixa que Russomanno humilhou diz que ele ‘não é homem do povo’

22/10/2020 1 Por Redação Urbs Magna

Em vídeo que viraliza nas redes, uma mulher diz ser a funcionária da cena e que “gostaria de expressar” sua “indignação em relação a essa candidatura dele à Prefeitura [de São Paulo]”.

A operadora de um supermercado ouviu de Celso Russomanno que “isso não é problema meu” e que se não houvesse solução iria “chamar a polícia“.

“Bom, isso é problema seu ou nós vamos chamar a polícia aqui. Isso é problema seu ou do supermercado; eu quero uma toalha de papel”, disse o candidato.

No vídeo, a mulher se apresenta como “a operadora de caixa que estava ali sendo, literalmente, humilhada pelo deputado Celso Russomanno“.

Eu gostaria de expressar a minha indignação em relação à essa candidatura dele à Prefeitura. Não votem nele, cidadãos paulistanos. Ele não merece a Prefeitura, ele não é uma pessoa democrática, ele não é um homem do povo, ele é só um oportunista, infelizmente“, disse a mulher.

A mulher que declarou ser a operadora de caixa diz, no vídeo, que fez “um poema para expressar melhor minha indignação” e acrescentou que espera ter ajudado “nessa luta pela democracia“.

Leia o texto “AQUI NÃO!”, transcrito do vídeo logo a seguir:

Aqui não!
Pro trabalhador, paga de machão,
pro consumidor, paga de bonzão,
do pastor, lambe a mão,
de lorota em lorota, ele ganha a eleição.
Pra deputado, sempre passa. Prefeito, não!
Fala, fala de democracia,
mas é da bancada, do boi, da bala e da bíblia.

Faz parte da vergonha
que se tornou Brasília.

Humilha operadoras de caixa,
olha os mais pobres como casta mais baixa,
gosta de dar carteirada.
Pra deputado, sempre passa. Pra prefeito, não!
Não! Não sou só consumidor,
Sou cidadão.
Não só sou eleitor,
Sou humano,
Sou paulistano
Aqui não, Celso Russomanno!

ASSISTA:

Assista ao vídeo completo postado no próprio canal do YouTube de Celso Russomanno:

O vídeo do programa de TV foi feito pelo candidato à prefeitura de São Paulo Celso Russomanno (PRB). As imagens são de 2005.

Russomanno acompanha uma cliente de um mercado, da Zona Leste de São Paulo, que teria sido proibida de comprar iogurte em unidades, mas somente na bandeja.

O político lê o Código de Defesa do Consumidor para os funcionários da loja, chama a Polícia Militar e pergunta se a caixa sabe que pode ser levada para a delegacia se não aceitar passar os produtos separadamente.

Em entrevista ao GLOBO, Cleide Bezerra da Cruz, de 36, diz que se sentiu humilhada naquele dia.

Na matéria do jornal, A operadora de caixa diz: “Ele me humilhou. Ficou ali a tarde inteira humilhando a gente e ainda achou isso normal“.

Cleide, que hoje é operadora de sistemas, afirmou que o comportamento do candidato piorava quando a câmera era desligada:

“Ele mostrou uma algema para a gente. Acho que estava no bolso dele, sei lá. E perguntou: “Vocês já usaram uma dessas? Se não atenderem direito vou levar todo mundo de camburão”.

Ele olhava a gente com um jeito ameaçador, arrogante. Fiquei olhando de nariz para cima, mas por dentro estava com medo. E se ele mandasse prender a gente?

O Globo diz que, após Russomanno visitar o mercado Cleide diz que sua vida profissional só piorou. Foi suspensa, levou duas advertências e foi transferida para outras três unidades da empresa até que pedisse demissão.

Nos dias seguintes à gravação, a jovem diz ter tentado contato com a equipe do programa atrás de, pelo menos, um pedido de desculpas, diz a reportagem acrescentando que Cleide tentou processar Russomanno, mas foi desencorajada por todos os advogados que procurou.

A entrevista do Globo à operadora ainda afirma que, fora das câmeras, o deputado bateu boca com uma cliente que dizia que ele não passou no exame da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), de acordo com afirmações de Cleide que disse: “Para ele todo mundo é consumidor. Mas o mundo não é feito de consumidores. É feito de pessoas“.

Telegram: Acesse e SIGA NOSSO CANAL

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.