“O pacto da imprensa com a Lava Jato semeou a canalhice da ‘convicção sem provas'”, diz jornalista sobre live de Bolsonaro

29/07/2021 0 Por Redação Urbs Magna
“O pacto da imprensa com a Lava Jato semeou a canalhice da ‘convicção sem provas'”, diz jornalista sobre live de Bolsonaro

Leia os melhores comentários no Twitter sobre as mentiras do presidente em sua live desta quinta. “É demencial”, afirmou Reinaldo Azevedo


O jornalista Tiago Barbosa afirmou em seu perfil no Twitter, após as mentiras da live de Bolsonaro nesta quinta (29), que “se Lula e a Vaza Jato não tivessem desmascarado a quadrilha de Sergio Moro e Dallagnol, essas idiotices de Bolsonaro sobre indícios de fraude nas urnas eletrônicas pipocariam na mídia como verdade. O pacto da imprensa com a Lava Jato semeou a canalhice da “convicção sem provas””

“O soerguimento do Brasil e o cultivo do respeito enquanto nação passam, obrigatoriamente, pela derrocada absoluta do clã Bolsonaro”, disse Barbosa. “Qualquer projeto político digno deve prezar pelo banimento do genocida na totalidade. O nome precisa ser proibido, a história, apagada, a referência, penalizada – a exemplo do veto a toda alusão nazista. Os filhos devem ser tratados como párias, sentir medo de andar em público”.

“Como Bolsonaro deve ser tratado Já passou da hora de a mídia perceber Bolsonaro como um delinquente em tempo integral sem qualquer crédito. Não importa a situação ou o assunto, é dever humanitário enquadrá-lo como mentiroso, criminoso e indigno de existir ou falar”.

O jornalista tem um tuíte fixado em seu perfil: “Como custou caro ao país o golpe na presidenta Dilma Rousseff…”

O G1 publicou sobre o assunto: “Após três anos falando em ‘fraudes eleitorais’, Bolsonaro faz live com notícias falsas e admite não ter provas das acusaçõesPresidente usou vídeos antigos de internet, já desmentidos por órgãos oficiais, e apresentou assessor do Planalto como ‘especialista’. ‘Não temos provas, vou deixar bem claro, mas indícios’, disse Bolsonaro.

O jornalista Reinaldo Azevedo disse que “Bolsonaro admitiu não ter provas na live convocada para apresentar as provas. É demencial!”. Em outro tuíte, Azevedo disse: A base dita científica da denúncia de Bolsonaro é a especulação de um cara que faz acupuntura em árvores com pregos. Não é um governo. É um hospício.

A Folha de S. Paulo destacou: “Em live, Bolsonaro cita denúncia de vídeo de astrólogo que faz acupuntura em árvores.

Paola Daniel: “Presidente Jair Bolsonaro fala sobre a prisão do deputado Daniel Silveira que não se justifica. Fala da INVIOLABILIDADE constitucional, portanto jamais poderia ser preso. Somente um completo oligofrênico não compreende que trata-se da liberdade de todos nós.

José de Abreu: “Eu tenho provas de que as eleições que elegeram Bolsonaro foram fraudadas: tiraram do páreo o primeiro colocado nas pesquisas para eleger o miliciano. Em troca o juiz ladrão virou ministro. Quer mais provas que estas?”

Guilherme Boulos: “14 milhões de desempregados. Menos de 1/6 de brasileiros imunizados. E Bolsonaro gasta tempo para justificar sua derrota em uma eleição daqui a mais de 1 ano”.

Nil: Parem de deixar Bolsonaro pautar o debate. Ignorem esse homem pelo amor de Deus. A pauta é outra: escândalos envolvendo compra de vacina, população empobrecida passando fome, nosso patrimônio queimando pela omissão de quem não deveria estar na presidência do país”.

Mônica Bergamo: “ATENÇÃO: a melhor história de todas as dezenas da live de Bolsonaro foi revelada por Patricia Campos Mello @camposmello : uma das denúncias citadas pelo presidente é a do vídeo de um astrólogo que faz ACUPUNTURA EM ÁRVORES”. Outra de Bergamo: A profusão de mentiras da live de Bolsonaro“. E mais outra: “A audiência da live de Bolsonaro despencou no Facebook. De cerca de 100 mil, terminou com cerca de 48 mil”. E mais Mônica Bergamo: “Bolsonaro, digamos, “errou” sobre apurações de votos de 2014 e 2018. O que ele disse na live NÃO É VERDADE. Não existiu padrão algum nas eleições. Bem ao contrário do que ele diz”.

UOL: Bolsonaro admite que não tem prova de fraude do TSE. Vai ficar impune, PGR?”

Alessandro Molon: Bolsonaro acaba de mostrar provas concretas de que está morrendo de medo de perder em 2022″.

Joel Pinheiro: Se Bolsonaro já é inacreditavelmente burro, o que dizer de quem acredita nele?”

Folha Poder: “Em live, Bolsonaro cita denúncia de vídeo de astrólogo que faz acupuntura em árvores


Blog do Noblat: Não tem erro. Aposte todo dia que Bolsonaro dará mais um tiro no próprio pé, e ele dará. Como esperar o contrário de uma pessoa tão despreparada?”

Felipe Neto: “Aliás, considerando que o Bolsonaro falou q mostraria provas das fraudes nas eleições e ficou 2 horas falando pra no final dizer “não temos provas”… Teria Jair Bolsonaro feito o maior CLICKBAIT da história do Youtube brasileiro?”


Ivan Valente@IvanValente
·E no final a tal live “bomba” não tinha provas nenhuma. A única coisa que Bolsonaro confirmou é a urgência do impeachment, esse criminoso golpista precisa ser tirado o quanto antes da presidência. #ImpeachmentJá


Ivan Valente@IvanValente·Absolutamente criminosa a live do Bolsonaro. Num país sério sairia preso. Acusações gravíssimas, sem provas, sem consistência, com vídeos que já foram desmentidos, contra a Justiça Eleitoral. Povo brasileiro ainda tem muito por fazer para se livrar desse mal.


Reinaldo Azevedo@reinaldoazevedo
·Absurdos técnicos à parte, Bolsonaro estava ali para dizer que seu governo é tão bom que ele tem de ser reeleito, ou, então, se prova a fraude. É a matemática de quem soma -4 +5 e chega a 9.


UOL Notícias@UOLNoticias
·Políticos e partidos criticam live de Bolsonaro: ‘Constrangedor e patético’


Fernanda Melchionna@fernandapsol
·Bolsonaro é de uma psicopatia sem precedentes. Está criando o cenário para justificar o golpe q pretende dar em 2022 ou a desculpa para fugir do debate eleitoral. Enquanto isso, enfia goela abaixo do povo medo e mentiras. Quantos crimes de responsabilidade cometidos em uma live?

Folha de S.Paulo@folha·Bolsonaro está citando esse vídeo, que já foi checado pelo @Comprova: é FALSO

Comente