“O Brasil não nasceu pra isso”, diz LULA sobre Bolsonaro. Sua vitória em 2018 “foi um erro da história brasileira”

“Não adianta desconfiar da urna, você tem medo de perder as eleições e ser preso (…) o anti-amor, o anti-desenvolvimento. Que representa a ignorância, a violência, o fascismo”

O ex-presidente LULA afirmou nesta segunda-feira (9/5), após evento em Belo Horizonte, “Lula abraça Minas”, sem citar nominalmente Bolsonaro, que “o Brasil não nasceu para isso“.

Temos um adversário que representa o anti-amor, o anti-desenvolvimento. Que representa a ignorância, a violência, o fascismo“, afirmou o candidato do PT à Presidência do Brasil.

Mais cedo, LULA participou do ato em Belo Horizonte, “Lula abraça o Brasil”.

O ex-presidente afirmou que reuniu as pessoas com ideias divergentes para vencer um “antagônico”.

O evento realizado no Expominas teve início às 19h30 e teve participação de lideranças dos partidos que apoiam o PT, como o PSOL, PCdoB, Solidariedade, PV, PSB e Rede. 

O PT e o PSD tentam firmar uma aliança, mas não havia representantes do partido do ex-prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, que hoje é pré-candidato ao Governo de Minas.

Enquanto o PT quer o deputado federal Reginaldo Lopes ao Senado, o PSD quer o atual senador Alexandre Silveira. 

Prisão de Bolsonaro?

No discurso, LULA disse que “não adianta desconfiar da urna, você tem medo de perder as eleições e ser preso depois de perder as eleições“.

A vitória desse cidadão em 2018 foi um erro da história brasileira. A negação da política, a denúncia contra a política, dizer que ninguém presta, fez com que esse cidadão fosse eleito. Queria dar um conselho: quando você, jovem, achar que ninguém presta e não tem político sério, não desista. Entre na política porque a pessoa decente que você quer está em vocês“, disse.

Assista a seguir:

Comente

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.