Motoboy de Valinhos ganha vaquinha de quase R$ 200 mil e moto – agressor é banido do iFood

12/08/2020 1 Por Redação Urbs Magna

Crítico sugere que Matheus consiga o suficiente para morar no mesmo condomínio do homem que o humilhou

O motoboy Matheus Pires Barbosa, que ficou famoso por meio de um vídeo que viralizou na web revelando a humilhação cometida contra ele por um homem racista, Mateus Abreu Almeida Prado Couto, dentro de um condomínio em Valinhos, interior de São Paulo, está recebendo apoio de milhões de pessoas.

Sua sorte parece ter mesmo dado uma guinada: ele já ganhou quase R$ 200 mil de uma vaquinha virtual, além de uma moto zero e 1,9 milhão de seguidores na rede social Instagram. Para completar, seu agressor foi banido do aplicativo de entregas iFood.

O presente de duas rodas foi oferecido pelo humorista Matheus Ceará, que disse que se sensibilizou e se identificou com a história do rapaz semelhante à sua:

“Me fez lembrar quando cheguei em Campinas e vendia trufas de porta em porta. Chamaram a polícia, me trataram como bandido”, relatou Ceará.


Matheus Ceará
Humorista

O portal Razões Para Acreditar foi o organizador da vaquinha, cuja meta inicial das contribuições era de R$ 100 mil. Contudo, o valor fixado foi alcançado em menos de 24 horas. Logo, o perfil no Instagram tratou de estender para R$ 150 mil e, pasme, já foi ultrapassado também.

Parece que os doadores, sensibilizados com o motoboy, ou mesmo revoltados com o outro Matheus, o racista, decidiram seguir a proposta de Thiago Rocha, o crítico e jornalista, que sugeriu que o rapaz consiga o suficiente para comprar uma casa no mesmo condomínio que o preconceituoso:

‘Matheus merece não só a moto, mas ganhar uma casa “no mesmo condomínio que o ‘cliente’ que disse que você não teria a capacidade de ter”‘


Thiago Rocha
Crítico, Jornalista, apresentador de TV

Enquanto isso, o motoboy segue com seguidores se multiplicando no Instagram e já deve ter passado de 2 milhões.

A defesa do Matheus Pires Barbosa, o motoboy, apresentou representação criminal por injúria racial contra o agressor Mateus Abreu Almeida Prado Couto. O jovem prestou depoimento e seu advogado pretende mostrar que o agressor não estava em surto esquizofrênico, como alegou o pai. A defesa do motoboy diz que ele estava em estado normal e uma perícia terá que ser feita, além de uma investigação. Depois de tudo, o inquérito será enviado para o Judiciário.

Agressor agora vive um inferno

  • O próprio condomínio que foi palco da cena colocou uma faixa de repúdio contra o racista, na portaria, do lado de fora.
  • A PM local monitora a área ocasionalmente a pedido dos síndicos.
  • 100 motoboys realizaram um ‘buzinaço da paz’ em frente ao condomínio do agressor.
  • O aplicativo de entregas iFood, no qual Matheus Pires Barbosa é entregador, anunciou que o usuário Mateus Couto foi descadastrado da plataforma de entregas. No Twitter, a empresa afirmou que se condena “qualquer forma de preconceito e discriminação” e se solidariza com o entregador.

Saiba mais no portal @razoesparaacreditar e leia suas mensagens no Instagram:

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Motoboy humilhado recebe uma onda de apoio, respeito e admiração! 💜⠀ ⠀ Com a repercussão da história do Matheus (@matheuspiresdd) , o jovem recebeu doações, presentes e a vaquinha na @voaa_vaquinhadorazoes bateu a primeira meta em menos de 24 hora, que era R$65 mil. Aumentamos a meta para R$150 mil para que Matheus compre a sua casa própria. Verdadeira corrente do bem, né?⠀ ⠀ Gente, houve uma mobilização muito positiva para a história do Matheus. Diversos artistas e personalidades do Brasil, páginas de movimentos contra o racismo e outros internautas fizeram questão de apoiar o entregador. Olha só algumas das atitudes:⠀ ⠀ 📝 O humorista Matheus Ceará (@matheusceara) presenteou o Matheus com uma moto nova! 🎉 Eles foram retirar o veículo juntos e Matheus fez vários vídeos no perfil @matheuspiresdd agradecendo ao ator.⠀ ⠀ 📝 @lucianohuck conversou com ele por vídeo, onde Matheus contou detalhes do caso e reforçou a necessidade do respeito aos entregadores, principalmente neste momento de isolamento. ⠀ ⠀ 📝A cantora @mariliamendoncacantora e a atriz @tatawerneck também comentaram sobre a postura de Matheus!⠀ ⠀ Importante: em uma conversa com Matheus, ele nos informou que a empresa @ifoodbrasil , para quem ele presta serviço, está fornecendo todo apoio jurídico neste momento.⠀ ⠀ Matheus merece tudo isso, né, gente? 💜⠀ ⠀ Para saber mais sobre a história, acesse o link da bio ou digite no seu celular: voaa.me/motoboy-humilhado⠀ ⠀ Seguimos acreditando!

Uma publicação compartilhada por Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar) em

Telegram: Acesse e SIGA NOSSO CANAL

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.