Moro impediu perícia dos arquivos ‘adulterados’ da Odebrecht para sustentar suborno a Lula

27/02/2020 1 Por Redação Urbs Magna
Moro impediu perícia dos arquivos ‘adulterados’ da Odebrecht para sustentar suborno a Lula

Documentos copiados do “setor de operações estruturadas” da Odebrecht podem ter sido adulterados, admitem peritos da Polícia Federal

Estes arquivos foram usados por Moro para sustentar que a construtora doou R$ 12 milhões a Lula como forma de suborno onde uma determinada quantia seria para a compra do terreno do Instituto Lula.

Arquivos utilizados na denúncia foram copiados dos sistema “MyWebDay”, do departamento de operações estruturadas da Odebrecht, e, no entanto, o material teria ficado em posse da construtora por quase um ano antes de ser enviado às autoridades.

A defesa de Lula alega que neste período ocorreu a adulteração dos arquivos.  E como não há comprovação de que os documentos recebidos vieram diretamente dos servidores na Suíça, não é possível utilizá-los como evidência.

Roberto Brunori Junior, perito criminal da PF, desmente o Ministério Público ao dizer que estes arquivos foram colhidos com a Odebrecht, e não extraídos diretamente dos servidores na Suíça. Os arquivos “gerados pela Odebrecht” possuem “datas posteriores às apreensões” do material. Na ocasião, o código hash do material, uma espécie de comprovante de originalidade, não foi indexado.


A perícia contratada pela defesa de Lula ocorreu após os advogados tentarem sucessivamente, desde 2017, acessar aos autos do acordo de leniência assinado pela Odebrecht. 

Desde 2017, a defesa de Lula tentava acessar os autos do acordo de leniência assinado pela Odebrecht, mas a solicitação foi negada três vezes pelo então juiz Sergio Moro.

*com informações do ConJur

Esta imagem possuí um atributo alt vazio; O nome do arquivo é ET-URBS-MAGNA-LARANJA-um2-1024x1024.png
Telegram
Receba nossas Newslleters
gratuitamente. Acesse e siga
NOSSO CANAL
Não tem o aplicativo? ACESSE AQUI e
Saiba por que o TELEGRAM é 10 vezes
melhor que o WHATSAPP
Acompanhe as publicações do
ET URBS MAGNA no FACEBOOK
(CURTA AQUI)
Utilize o espaço abaixo que reservamos
para você fazer comentários. Role a página
e comente sobre este assunto.
Os comentários não representam a opinião
do ET URBS MAGNA. A responsabilidade
é do autor da mensagem.




Anúncios