Moro faz ‘outro gol contra’ com candidatura que contribui para a vitória de LULA no 2º turno, diz colunista

23/10/2021 0 Por Redação Urbs Magna
Moro faz ‘outro gol contra’ com candidatura que contribui para a vitória de LULA no 2º turno, diz colunista

O ex-presidente da República Federativa do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, em imagem reprodução, o ex-juiz e ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e o atual chefe do Executivo, Jair Bolsonaro | Sobreposição de imagens


PROGRESSISTAS POR UM BRASIL SOBERANO

Os eventuais votos no ex-juiz e ex-ministro de Bolsonaro vem de eleitores que o veem como desafeto tanto do petista quanto do atual presidente, diz José Luiz Portella, que acrescenta: Moro “retirará votos de outro candidato que poderia se alçar a terceira via”

Moro faz “outro gol contra’ com candidatura que contribui para a vitória de LULA no 2º turno, diz colunista explicando que os votos no ex-juiz que perseguiu Lula e no ex-ministro que se desentendeu com Bolsonaro virão de eleitores que o veem como um desafeto. José Luiz Portella, do UOL, argumenta que Moro “retirará votos de outro candidato que poderia se alçar a terceira via“.

Moro vai “contribuir imensamente para colocar Bolsonaro no segundo turno com Lula, e, consequentemente, dar a vitória final a Lula. É um paradoxo“, escreve o colunista. “Os votos dele vêm de eleitores que não gostam nem de Bolsonaro, nem de Lula, por todas as circunstâncias conhecidas, logo, no primeiro turno, ele retirará votos de outro candidato que poderia se alçar a terceira via e derrotar Lula no segundo turno.

Portella afirma ainda que “Moro não tem temperamento nem perfil para ser político“, tendo já mostrado isso “no ministério, onde se conduziu debilmente, mesmo para os seus eleitores“. Além disso, ele não consegue aglutinar parlamentares, nem propor soluções realmente transformadoras nem na ótica que ele possui de Brasil“, diz o colunista que segue com sua ótica classificando-o como “ruim na consecução de políticas públicas“.

Ainda pior (…) ele foge do debate“, diz Portella lembrando que “quando foi afastado por Bolsonaro de forma humilhante, sumiu do cenário, abrigou-se na iniciativa privada e exilou-se nos Estados Unidos“. O jornalista reitera que Moro “não tem jeito para a política“.

Vai vagar com uma votação que não passa de dois dígitos“, prevê o colunista. “Vai tirar votos de quem? De uma possível terceira via, inutilmente, pois não logrará alcançar a votação necessária para excluir Bolsonaro do segundo turno.

Moro “quis mudar seu papel sem ter essência. A húbris lhe extirpou a carreira. E ela pode lhe fazer, de novo, efetuar um erro crasso, fenomenal“, diz Portella.

Se Moro for candidato, ele será o melhor eleitor de Bolsonaro no primeiro turno, e de Lula no segundo turno. Errar é humano, insistir no erro já é outra coisa“, escreve o jornalista reproduzindo o ditado popular, mas sem adicionar a palavra ‘burro’, como no original.

Comente