Míriam Leitão sobre o governo Bolsonaro: “A CASA CAIU, mas eles estão preocupados é com o teto”

Paulo Guedes está totalmente engajado na campanha eleitoral do presidente, muito mais agora com a queda da popularidade, o compromisso não é com os fundamentos da economia, mas com as ideias políticas extremadas

“A cada nova ideia que sai do Ministério da Economia ou da área política do governo, seja o adiamento do pagamento dos precatórios ou o Bolsa Família de R$ 400, os ativos tremem no mercado financeiro. O que eles mais têm medo é da queda do teto de gastos. Curiosos os operadores do mercado financeiro: a casa caiu, mas eles estão preocupados é com o teto”, escreve a colunista no jornal O Globo. Quando digo que a casa caiu é porque o ministro da Economia, Paulo Guedes, está totalmente engajado na campanha eleitoral do presidente. Muito mais agora com a queda da popularidade. O compromisso não é com os fundamentos da economia, mas com as ideias políticas extremadas do presidente.

Quando digo que a casa caiu é porque a equipe econômica é caudatária de um projeto autoritário, no qual não há espaço para transparência, órgãos de controle, nem ajuste fiscal. É da natureza do populismo autoritário gastar muito e gastar mal.

Comente

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.