Marcelo Oliveira (PT) é eleito prefeito de Mauá com 50,74%

29/11/2020 0 Por Redação Urbs Magna

O município do ABC Paulista terá a volta da legenda petista pela quarta vez, após o pleito que eliminou, neste domingo (29), o candidato à reeleição, Átila Jacomussi (PSB)

A vitória de Oliveira traz o Partido dos Trabalhadores de volta ao comando da cidade após as gestões do ex-prefeito Oswaldo Dias (PT), que governou Mauá por três vezes, entre 1997 a 2000, 2001 a 2004 e de 2009 a 2012.

Marcelo Oliveira tem 48 anos, nasceu em Mauá, na Região do ABC Paulista e é formado em Processos de Produção e pós-graduado em Políticas Públicas.

Iniciou sua atividade profissional em comércios da cidade e, em 1994, foi admitido na General Motors do Brasil. Foi neste período que começou a militância sindical, sendo eleito representante da CIPA (Comissão Interna de Prevenção a Acidentes) por seis mandatos consecutivos, dos quais dois como vice-presidente.

A luta em defesa de melhores condições de vida e de trabalho para o conjunto da classe trabalhadora logo o tornou um dirigente sindical de destaque.

Em 2004 foi eleito diretor executivo da FEM-CUT/SP (Federação dos Sindicatos de Metalúrgicos da CUT-SP), onde exerceu dois mandatos.

Em 2007 foi eleito diretor social do Sindicato dos Metalúrgicos de São Caetano do Sul, sendo reeleito três anos depois.

Em 2008 foi eleito para o primeiro mandato legislativo, sendo o vereador mais votado na história do PT de Mauá.

Marcelo Oliveira foi reeleito quatro anos depois como o mais votado da cidade de Mauá.

A ascensão política foi coroada no fim de 2014, quando o parlamentar foi escolhido pelos vereadores como Presidente da Câmara de Mauá para o biênio 2015-2016.

O terceiro mandato consecutivo foi conquistado em 2016.

Marcelo Oliveira acumulou experiência no legislativo – além de presidente, foi líder de governo, de bancada e de oposição e integrou as comissões de Justiça e Redação (secretário e presidente), Finanças (presidente) e Cultura e Direitos Humanos (membro).

Com informações da página de Marcelo Oliveira

Telegram: Acesse e SIGA NOSSO CANAL

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.