Maia afasta Eduardo e outros 11 deputados pró-Bolsonaro de funções na Câmara

04/03/2020 0 Por Redação Urbs Magna

Luciano Bivar suspendeu, por um ano, 12 deputados bolsonaristas do partido PSL e Rodrigo Maia acatou decisão do presidente da legenda afastando-os de qualquer função partidária na Câmara. Entre eles está o filho do presidente, Eduardo Bolsonaro. Os outros 11 são Bibo Nunes,  Carlos Jordy, Carol de Toni, Daniel Silveira, General Girão, Filipe Barros, Cabo Junio Amaral, Hélio Lopes, Márcio Labre, Sanderson e Vitor Hugo, atual líder do governo na Câmara.

A bancada na Câmara diminui de 53 para 41 deputados e somente este restante poderá ter função de liderança ou vice-liderança, bem como dar orientações em nome do partido, representar a agremiação e participar da escolha do líder.

Os 12 deputados suspensos, incluindo Eduardo Bolsonaro, estão proibidos destas decisões.


Publicado por ET URBS MAGNA

Com informações de Agências*

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.