LULA se encontra com quebradeiras de coco e diz que programas como PAA e PNAE voltarão a funcionar

Ex-presidente defendeu o fortalecimento de cooperativas de crédito e produção: sentido da política é melhorar a vida das pessoas

LULA se encontrou com quebradeiras de coco do Maranhão, do Tocantins e do Piauí na manhã de sábado (03/09), em São Luís (MA), e assumiu o compromisso de garantir fortalecimento de cooperativas de crédito e produção para melhorar as condições de inúmeras famílias que dependem do babaçu para sobreviver, conforme noticiou o portal que leva o nome do ex-presidente

“A gente vai fortalecer as cooperativas, as cooperativas de crédito, as cooperativas de produção. A gente vai garantir que as pessoas tenham preço mínimo. A gente vai voltar a criar o PAA , o PNAE e vai criar outros programas porque, se a gente não fizer essa revolução, não tem sentido voltar”
LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA (PT)
Ex-presidente e candidato à Presidência da República

O PAA (Programa de Aquisição de Alimentos) e o PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar) foram criados nos governos Lula. No primeiro, em 2003, o governo federal comprava a produção agrícola do agricultor familiar e doava para entidades de assistência social e creches. Com isso, havia garantia de mercado e renda aos agricultores familiares, e alimento saudável para populações carentes. Já o PNAE, de 2009, é voltado para a compra alimentos da agricultura familiar, de empreendedores familiares rurais, assentamentos da reforma agrária, as comunidades tradicionais indígenas e as comunidades quilombolas. Os alimentos são destinados às escolas. O PAA, que teve orçamento executado de R$ 790 milhões em 2010, corre risco de desaparecer. Para 2023, Bolsonaro disse que só vai destinar R$ 2,6 milhões.

Na sede da associação das quebradeiras de coco do Maranhão, onde ouviu relatos de reconhecimento de feitos de seus governos, o ex-presidente disse às mulheres que o sentido da política é melhorar a vida das pessoas e que ele quer voltar à Presidência para ver se consegue, outra vez, viabilizar um salto de qualidade na vida dos mais pobres. Lula disse que, se ganhar as eleições, vai convidar as quebradeiras de coco para uma reunião em Brasília para que ajudem na definição das políticas, formalizando o que desejam.

“A gente quer voltar porque é preciso recuperar a dignidade do ser humano nesse país. Esse é o sentido da política: a gente fazer com que as pessoas melhorem de vida. Nós não queremos tirar nada de ninguém, o que eu quero é que todo mundo tenha direito ao mínimo necessário. Direito ao respeito, direito ao trabalho, direito ao salário, direito a uma casa”
LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA (PT)
Ex-presidente e candidato à Presidência da República
Siga Urbs Magna no Google Notícias
Comente

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.