Lula pode nomear Carol Proner e Cristiano Zanin para duas cadeiras do Supremo Tribunal Federal em 2023

A advogada é esposa de Chico Buarque e faz parte do Grupo Prerrogativas, enquanto Zanin atuou decisivamente na defesa de Lula contra o lawfare de Sergio Moro

O Presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pode nomear os advogados Carol Proner e Cristiano Zanin para duas cadeiras do STF (Supremo Tribunal Federal) em seu governo durante o ano de 2023. Proner, esposa de Chico Buarque, faz parte do Grupo Prerrogativas, enquanto Zanin atuou decisivamente na defesa de Lula contra o lawfare disfarçado de operação lava jato, comandado pelo ex-juiz suspeito Sergio Moro.

A advogada é professora e Doutora em Direito pela Universidade Pablo de Olavide na Espanha, autora de artigos e livros sobre temas de direitos humanos, direitos fundamentais e democracia, direito internacional público e direito internacional.

Nos Tribunais superiores de Brasília o nome de Proner circula com força como um dos favoritos, informa o portal de notícias Metrópoles. O casal Chico/Proner é amigo íntimo de Lula e da futura primeira-dama Rosângela da Silva, a Janja. A advogada vem sendo apontada como favoritíssima em rodas de conversas de ministros do próprio STF e do STJ (Superior Tribunal de Justiça).

Quanto a Zanin, ele foi o nome forte dos advogados que atuaram na defesa de Lula contra a operação persecutória, montada para tirá-lo da disputa presidencial de 2018 e eleger Bolsonaro. O advogado é casado com a também advogada Valeska Teixeira, filha de Roberto Teixeira, amigo do peito do presidente eleito. Valeska é também afilhada de Lula.

As duas cadeiras a serem preenchidas no Supremo em 2023 são as de Ricardo Lewandowski, que se aposenta em maio, e de Rosa Weber, que sai em outubro.

Comente

1 comentário em “Lula pode nomear Carol Proner e Cristiano Zanin para duas cadeiras do Supremo Tribunal Federal em 2023”

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.