Lula não se entrega e, preso há mais de 300 dias, espera que o povo não se entregue também

06/02/2019 0 Por Redação Urbs Magna

Na noite antes de Lula ser preso, em 6 de abril de 2018, alguns apoiadores conseguiram furar os bloqueios no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e chegar ao andar que o ex-presidente estava.

Lula decidiu sair da sala onde passava seus últimos momentos com a família para um reencontro com o povo. Em cinco minutos de imagens, gravadas pelo fotógrafo de Lula, Ricardo Stuckert, a relação de Lula com o povo brasileiro se traduz.

Dos que agradecem pela conquista do diploma aos que se oferecem para ir no lugar de Lula. Da mulher que chora e pede que Lula não se entregue.

No dia seguinte, o ex-presidente decidiu ir ao encontro de seus algozes. Hoje, 306 dias depois, Lula não se entrega. E espera do povo que não se entregue também.

ASSISTA:

Et Urbs Magna via Facebook

Receba nossas atualizações direto no seu WhatsApp – Salve nosso número em sua agenda e envie-nos uma mensagem – É GRÁTIS – ACESSE AQUI

Doe ao Et Urbs Magna

𝙲𝙾𝙽𝚃𝚁𝙸𝙱𝚄𝙰 𝚌𝚘𝚖 𝚘 𝚅𝙰𝙻𝙾𝚁 𝚀𝚄𝙴 𝙳𝙴𝚂𝙴𝙹𝙰𝚁 (O valor está expresso em Dólar americano) Para alterar o valor a contribuir, basta alterar o MULTIPLICADOR na caixa correspondente 𝐀 𝐩𝐚𝐫𝐭𝐢𝐫 𝐝𝐞 𝐔𝐒𝐃 $ 5 até o limite que desejar

$5.00

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.