Lula: “Esse governo nem pra comprar vacina serve”

24/02/2021 0 Por Redação Urbs Magna

“Na época do H1N1 nós aplicamos mais de 80 milhões de vacinas em três meses”, afirmou o ex-presidente – José Gomes Temporão, que foi ministro da Saúde de Lula entre 2007 e 2010, confirma e afirma: “Nós poderíamos ter começado a vacinação no Brasil em dezembro, tranquilamente”

Lula lembrou, nesta quarta-feira (24), em seu perfil do Twitter, que na época do H1N1 seu governo aplicou “mais de 80 milhões de vacinas em três meses”.

Em tom crítico, o ex-presidente afirmou que o governo Bolsonaro “nem pra comprar vacina serve”.

No início deste mês, o médico sanitarista e ex-ministro da Saúde José Gomes Temporão afirmou, em entrevista ao Brasil de Fato, que essa situação de “extrema vulnerabilidade” do país é devido à grande dependência tecnológica externa e a omissão do governo federal em fechar contratos com laboratórios que produzem as vacinas contra o coronavírus.

“Nós poderíamos ter começado a vacinação no Brasil em dezembro, tranquilamente. Poderíamos estar hoje em um momento totalmente diferente. A responsabilidade é da omissão do governo federal”, opinou Temporão.

Durante o segundo mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, entre 2007 e o fim de 2010, o médico sanitarista foi ministro da Saúde e esteve no comando da pasta quando houve a pandemia de H1N1, em 2009. 

Na época, o Brasil ficou marcado como o país que mais vacinou cidadãos contra H1N1 pelo sistema público no mundo, atingindo a marca de 80 milhões de cidadãos vacinados em apenas 3 meses.

“Nós imediatamente mobilizamos a ciência, a primeira diferença foi essa”, relatou.

A condução é contrária à que o país assite hoje. Jair Bolsonaro tem se colocado como um obstáculo para a imunização da população brasileira, por meio do incentivo a tratamentos precoces sem eficácia e até contestação de vacinas certificadas, como a Coronavac. O presindente chegou a afirmar que, ele próprio não pretende se vacinar.

“Hoje você tem um presidente que desde fevereiro do ano passado trabalha para ajudar o vírus, trabalha para aumentar o número de mortes, trabalha para aumentar a ignorância, trabalha para aumentar o negacionismo”, apontou o ex-ministro. 

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.