Lula aproveita briga de Bolsonaro x Moro e quer provar que este e Dallagnol ‘montaram uma quadrilha’

02/07/2020 1 Por Redação Urbs Magna

UM Brasil – Lula entra na briga Bolsonaro x Moro. Preso por 580 dias em processos sem provas e que foram considerados suspeitos, o ex-presidente tenta provar sua inocência se aproveitando da guerra iniciada após o afastamento do ex-juiz de Curitiba e ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, do Governo Bolsonaro: “Aos 74 anos, eu pensei que ia parar de brigar, mas eu quero provar que o Moro é um canalha, eu quero provar que o Dallagnol é um cara que montou uma quadrilha na força-tarefa“.

Após a repercussão da matéria do The Intercept Brasil em parceria com o portal Agência Pública sobre a suspeita de envolvimento da Lava Jato com a Federal Bureau of Investigation (FBI), Lula vê sua chance de ter seus processos cancelados pela justiça a partir de uma possível suspeição de Sergio Moro.

Paralelamente, o ex-advogado da Odebrecht, Rodrigo Tacla Duran, negocia um acordo de colaboração premiada com a equipe do procurador-geral da República Augusto Aras, que tem como um dos alvos o advogado Carlos Zucolotto, amigo do ex-ministro da Justiça Sergio Moro. A delação avançou depois que Moro pediu demissão e se tornou inimigo do presidente Jair Bolsonaro.

O ex-presidente fez uma transmissão ao vivo nas redes sociais com o teólogo Leonardo Boff nesta quarta (01) sob o tema dos rumos tomados pela Operação Lava Jato.

“Aos 74 anos, eu pensei que ia parar de brigar, mas eu quero provar que o Moro é um canalha, eu quero provar que o Dallagnol é um cara que montou uma quadrilha na força-tarefa, eu quero provar. Eu estou até desafiando eles para um debate, o Moro e o Dallagnol, quero que eles provem um delito que eu cometi”, disse Lula.

Sobre Bolsonaro, Lula falou sobre os interesses que o mantém poder

Quem é que gosta do governo Bolsonaro? É o mercado financeiro, a Rede Globo, os empresários adoram. O que eles ganham? É o projeto de privatização do Guedes. Não se enganem: o mercado quer que ele continue. Quer que ele seja mais ameno e pegue um pouco mais leve com a Globo. Mas eles, no fundo, no fundo, adora a política de destruição que ele está fazendo na Economia e nos direitos dos trabalhadores”, afirmou o ex-presidente em fala que repercutiu em portais como o Conversa Afiada e o DCM.

Assista ao vídeo de Lula e Boff na íntegra:

Junte-se a 37.054 outros assinantes

Telegram: Acesse e SIGA NOSSO CANAL