Livro diz que Trump entupiu com documentos privada da Casa Branca e encanador foi acionado

Repórter do New York Times postou imagens de vaso sanitário da residência oficial do então presidente com papéis que supostamente tinham sua caligrafia

A repórter Maggie Haberman, do jornal novaiorquino The New York Times, que também é colaboradora da CNN, postou imagens em seu livro Confidence Man, que será lançado em breve, de documentos dentro de vasos sanitários da Casa Branca que supostamente têm a caligrafia do ex-presidente Donald Trump.

A autora afirma que o republicano regularmente jogava papéis na privada de sua residência oficial como presidente, até que foi tudo foi descoberto mais tarde, quando um encanador foi chamado para resolver um entupimento. 

De acordo com mídias americanas, uma das imagens, que foi registrada dentro dos banheiros da Casa Branca e divulgada nesta segunda-feira (8/7), tem a caligrafia de Trump em marcador preto. Outra foto é de uma viagem ao exterior fornecida por uma fonte do governo Trump.

Trump tinha o costume de ignorar os procedimentos do governo americano com relação a manutenção de registros. Um ex-funcionário da Casa Branca disse que, embora a preservação de documentos fosse uma responsabilidade primária do secretário, os demais altos funcionários do presidente não tinham o senso de dever de manter um registro dos documentos.

Siga Urbs Magna no Google Notícias
Comente

1 comentário em “Livro diz que Trump entupiu com documentos privada da Casa Branca e encanador foi acionado”

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.