“Justiça não pode condenar réus sem provas contundentes”, diz Sergio Moro, que condenou Lula sem provas contundentes

13/02/2020 1 Por Redação Urbs Magna
“Justiça não pode condenar réus sem provas contundentes”, diz Sergio Moro, que condenou Lula sem provas contundentes


Publicado por ET URBS MAGNA


Diante da turbulência política dos últimos dias, uma frase do ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, durante audiência pública da comissão especial da proposta de Emenda à Constituição (PEC) 199/2019, a chamada PEC da Prisão em Segunda Instância, nesta quarta-feira (12), passou batida.

Moro afirmou na ocasião que a Justiça não pode condenar réus sem provas contundentes, “acima de qualquer questionamento razoável”, mas que existe para garantir a punição aos culpados e dar conforto a familiares de vítimas de crimes.

Nas considerações iniciais, Moro falou, ainda, da importância de a Justiça ser célere, mas destacou também que a presunção de inocência é uma conquista da humanidade.

Com informações do Correio Braziliense


WHATSAPP

TELEGRAM
Receba nossas NOTÍCIAS.
Acesse e siga as INSTRUÇÕES
Receba nossas NOTÍCIAS.
Acesse e siga NOSSO CANAL


Acompanhe as publicações do ET URBS MAGNA no FACEBOOK (CURTA AQUI)

Utilize o espaço que reservamos para você fazer comentários. Role a página para baixo e fale sobre este assunto.
Os comentários não representam a opinião do ET URBS MAGNA. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Anúncios