‘Jogadora de beisebol’ da ECIP-Paulista* foi escoltada por não usar o taco como arma

01/06/2020 1 Por Redação Urbs Magna

Et Urbs Magna – A justificativa para a proteção que a bolsonarista recebeu da PM-SP não cabe em si, a não ser que ela fosse uma jogadora de baseball em treino na ECIP-Paulista (*Escola das Confusões Ideologico-Políticas da Paulista). Mas sua camiseta já denunciava e anunciava sua alma carente de esportividade e tolerância: “FASCISTA É O UC DA TUA MÃE”. Ela sabia que as torcidas estavam lá, mas não haveria football nem baseball. Para ambos, só haveria o inimigo.

Junte-se a 37.013 outros assinantes

Empunhando seu taco ‘confraternizante’ denominado ‘Rivotril’ e usando uma bandeira dos EUA como máscara para não ser ‘infectada’ pela democracia brasileira, a jogadora de baseball da ECIP-Paulista inflou o peito ao sentir o respeito do policial, ainda que este nada tenha a declarar sobre quem é quem neste jogo, mas que somente pela ação em si virou defensor das ideologias ‘beisebolistas’. Imagina se Bolsonaro o assiste ‘maltratando’ essa ‘simpática’.

Sabe-se agora que a ‘rebatedora’ da ECIP-Paulista esteve na porta do hospital em que se encontrava, morta, Marisa Letícia, ex-Primeira Dama do governo de Lula, comemorando como uma amante, a desmaterialização do espírito da longeva companheira que ‘animava’ o petista .

A rebatedora da ECIP-Paulista se chama Cristina Rocha Araújo, que, também sabe-se agora, é amiga da hoje ‘arremessadora’ Carla Zambelli, que também já foi rebatedora do mesmo time e agora foi ‘comprada’ pela ECIP-Planalto.

Esta imagem possuí um atributo alt vazio; O nome do arquivo é ET-URBS-MAGNA-LARANJA-um2-1024x1024.png
TELEGRAM:
Acesse e siga NOSSO CANAL
Receba nossas Newslleters gratuitamente
Não tem o aplicativo? ACESSE AQUI e Saiba por que o TELEGRAM é 10 vezes melhor que o WHATSAPP

𝘊𝘰𝘮𝘦𝘯𝘵𝘦 𝘤𝘰𝘮 𝘴𝘦𝘶 𝘍𝘢𝘤𝘦𝘣𝘰𝘰𝘬 𝘰𝘶 𝘶𝘵𝘪𝘭𝘪𝘻𝘦 𝘢 𝘰𝘶𝘵𝘳𝘢 𝘴𝘦çã𝘰 𝘮𝘢𝘯𝘵𝘪𝘥𝘢 𝘢𝘣𝘢𝘪𝘹𝘰. 𝘖𝘴 𝘤𝘰𝘮𝘦𝘯𝘵á𝘳𝘪𝘰𝘴 𝘴ã𝘰 𝘥𝘦 𝘳𝘦𝘴𝘱𝘰𝘯𝘴𝘢𝘣𝘪𝘭𝘪𝘥𝘢𝘥𝘦 𝘥𝘦 𝘲𝘶𝘦𝘮 𝘰𝘴 𝘱𝘶𝘣𝘭𝘪𝘤𝘢 𝘦 𝘱𝘰𝘥𝘦𝘮 𝘯ã𝘰 𝘳𝘦𝘧𝘭𝘦𝘵𝘪𝘳 𝘢 𝘰𝘱𝘪𝘯𝘪ã𝘰 𝘥𝘰 𝘴𝘪𝘵𝘦. 𝘛𝘦𝘹𝘵𝘰𝘴 𝘷𝘶𝘭𝘨𝘢𝘳𝘦𝘴 𝘦 𝘥𝘪𝘴𝘤𝘶𝘳𝘴𝘰𝘴 𝘥𝘦 ó𝘥𝘪𝘰 𝘴ã𝘰 𝘥𝘦𝘴𝘯𝘦𝘤𝘦𝘴𝘴á𝘳𝘪𝘰𝘴 𝘱𝘢𝘳𝘢 𝘢 𝘤𝘰𝘯𝘴𝘵𝘳𝘶çã𝘰 𝘥𝘦 𝘶𝘮𝘢 𝘴𝘰𝘤𝘪𝘦𝘥𝘢𝘥𝘦 𝘤𝘪𝘷𝘪𝘭𝘪𝘻𝘢𝘥𝘢. 𝘕𝘦𝘴𝘵𝘦𝘴 𝘤𝘢𝘴𝘰𝘴, 𝘳𝘦𝘴𝘦𝘳𝘷𝘢𝘮𝘰-𝘯𝘰𝘴 𝘰 𝘥𝘪𝘳𝘦𝘪𝘵𝘰 𝘥𝘦 𝘣𝘢𝘯𝘪𝘳 𝘴𝘦𝘶𝘴 𝘱𝘦𝘳𝘧𝘪𝘴.