Homens invadem terra indígena aos gritos de “Agora é Bolsonaro!”, diz presidente da Funai

31/01/2019 1 Por Redação Urbs Magna

A equipe da Funai tirou a foto de uma placa da terra dos Uru-Eu-Wau-Wau, com marcas de bala. Devido ao risco dos invasores, que visam a extração ilegal de madeira, Franklimberg Freitas quer o apoio da Polícia Federal

Em viagem à Rondônia para monitorar a invasão de homens armados em terras indígenas dos povos Karipuna e Uru-Eu-Wau-Wau, o presidente da Funai, Franklimberg de Freitas, afirmou que ouviu depoimentos de que os invasores estariam dizendo que o presidente Jair Bolsonaro apoia suas ações. “Agora é Bolsonaro”, dizem os invasores, segundo relato de indígenas ouvidos por Freitas.

“Alguns posseiros fizeram esses comentários, de que o presidente estaria apoiando invasões. Isso é boato. É falso. O presidente não tem interesse em qualquer ação nesse sentido. Hoje estivemos na Uru-Eu-Wau-Waupara dizer que isso não é verdade”, disse o presidente da Funai, segundo o jornalista Guilherme Amado, da revista Época.

A equipe da Funai tirou a foto de uma placa da terra dos Uru-Eu-Wau-Wau, com marcas de bala. Devido ao risco que os invasores representam, Franklimberg quer o apoio da Polícia Federal.

“Vamos acionar os órgãos de segurança pública para nos apoiar nessas ações de vigilância para a proteção dos povos indígenas”, disse ele, ressaltando que as invasões visam a extração ilegal de madeira.

“Algumas lideranças indígenas dos povos Karipuna e Uru-Eu-Wau-Wau, que relataram dificuldades que estão passando em razão das frequentes invasões de posseiros interessados em atuar como na extração de madeira e no garimpo ilegais”.

Receba nossas atualizações direto no seu WhatsApp – Salve nosso número em sua agenda e envie-nos uma mensagem – É GRÁTIS – ACESSE AQUI

Doe ao Et Urbs Magna

𝙲𝙾𝙽𝚃𝚁𝙸𝙱𝚄𝙰 𝚌𝚘𝚖 𝚘 𝚅𝙰𝙻𝙾𝚁 𝚀𝚄𝙴 𝙳𝙴𝚂𝙴𝙹𝙰𝚁 (O valor está expresso em Dólar americano) Para alterar o valor a contribuir, basta alterar o MULTIPLICADOR na caixa correspondente 𝐀 𝐩𝐚𝐫𝐭𝐢𝐫 𝐝𝐞 𝐔𝐒𝐃 $ 5 até o limite que desejar

$5.00



Comente