“Há uma nova White House”, diz o Twitter após ‘arquivar’ Trump

21/01/2021 0 Por Redação Urbs Magna

O aplicativo agora apenas mantém no banco de dados a conta da administração do republicano e orienta seguidores da Casa Branca a um novo perfil com o atual presidente Joe Biden e sua vice-presidente Kamala Harris

Agora que o presidente Joe Biden e a vice-presidente Kamala Harris passaram a ocupar a Casa Branca, arquivamos a conta da administração anterior como @WhiteHouse45. Siga @WhiteHouse para ver as últimas notícias sobre a administração do Joe Biden“, diz mensagem do Twitter.

O aplicativo arquivou todas as contas de membros do governo Trump, que levavam o número 45 em referência ao ordinal ‘quadragésimo quinto’, que era a posição do ex-presidente dos EUA em sua ocupação na Casa Branca, encerrada nesta quarta (20).

A conta @realDonaldTrump já havia sido banida para sempre. Todas as outras contas menos conhecidas, como @POTUS, @WhiteHouse, @FLOTUS e @VP. (POTUS é a sigla oficial para Presidente dos Estados Unidos; FLOTUS se refere à primeira-dama.) referente ao ex-presidente foram arquivadas.

A contas institucionais não pertencem a nenhum indivíduo em particular – elas são reservadas para uso oficial do governo por aqueles na administração atual. O Twitter as transferiu para o presidente Joe Biden.

É diferente da transição anterior do Twitter, quando as contas oficiais do então presidente Barack Obama foram transferidas para o ex-presidente Donald Trump com todos os seus seguidores. 

Desta vez, essas contas podem perder dezenas de milhões de seguidores por ordem do Twitter. Pessoas abandonadas por essas contas, além daquelas que seguem “contas relevantes de Biden e Harris”, como @KamalaHarris, receberão notificações de que podem segui-las.

A conta de Biden – @PresElectBiden – se transformou em @POTUS.

A equipe de Biden não parece feliz com isso. O diretor digital do presidente eleito, Rob Flaherty, tuitou na semana passada e disse que a redefinição é “profundamente insuficiente”.

Na visão do Twitter, o reset dá aos usuários a opção de seguir ou não as novas contas. A empresa diz que não tomou uma decisão sobre se agora adotará essa abordagem durante as transferências de poder. Mas o porta-voz Nick Pacilio disse que essa é a política em outros países.

A conta @POTUS de Trump foi arquivada como @ POTUS45, assim como a conta do governo Obama foi arquivada como @ POTUS44.

No entanto, esse não é o caso de @realdonaldtrump. Embora tenha sido extensivamente arquivado por outras plataformas e pesquisadores, ele desapareceu do próprio Twitter. Isso por si só já levantou críticas de acadêmicos e outros que acreditam que também deve fazer parte do registro público, facilmente pesquisável e acessível a qualquer pessoa.

O Facebook, por sua vez, segue sua política anterior de “duplicar” todos os 11 milhões de seguidores das contas oficiais do Facebook e Instagram da Casa Branca para a nova administração.

Seatllepi

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.