Filiações inaptas do ‘Aliança’ de Bolsonaro chegaram a 77% com assinaturas até de defuntos

04/03/2020 3 Por Redação Urbs Magna
Compartilhe

Rejeição de assinaturas de filiação ao Aliança Pelo Brasil de Jair Bolsonaro pelo TSE alcança 76,8% de apoiamentos que foram considerados inaptos pela corte até segunda-feira (2).

O número de assinaturas descartadas foi 13.977 superando as 5.499 validadas pela Justiça Eleitoral, o que nem chega perto das 492 mil necessárias para a criação da legenda. Contudo, dirigentes do partido acreditam que já superaram a meta, publicou a FSP na noite desta quarta (04).

A rejeição de assinaturas teve como motivo principal a regra de que somente pessoas desfiliadas podem apoiar a criação de novos partidos.

O segundo principal motivo para invalidação é o estado informado na ficha de apoio diferente do estado onde o eleitor tem seu título cadastrado.

Também há casos de apoiamento em duplicidade e de pessoas com o título de eleitor cancelado, além de assinatura divergente, zona eleitoral incorreta, nome do eleitor divergente e até casos de eleitor que morreu. 

Leia mais na FSP.

Telegram: Acesse e SIGA NOSSO CANAL

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.
Compartilhe