Felipe Neto prepara dossiê com nomes de propagadores de fake news no Twitter Brasil para denúncia à sede nos EUA e imprensa internacional

11/05/2021 0 Por Redação Urbs Magna

De acordo com o youtuber, que se reuniu com representantes brasileiros, nada foi feito após apresentação de “provas e mais provas” dos “crimes cometidos” na rede social

“Um dossiê está sendo montado com os principais propagadores de notícias falsas e mensagens de ódio no Twitter Brasil. Chega de tentar resolver via funcionários brasileiros. Levaremos o caso para os EUA e para a imprensa internacional. Twitter Brasil, vocês escolheram não fazer nada”, afirmou Felipe Neto.

E que fique claro que isso não tem nada a ver com pedir que EUA resolvam o problema. Se a sede do Twitter fosse em Cuba, China ou Chechênia, seria pra lá que levaríamos. Trata-se de mostrar aos donos da empresa o que está sendo feito (ou melhor, não feito) pelos funcionários no Brasil.

Nós tentamos de todas as formas fazer o Twitter Brasil agir. Foram reuniões, dossiês, provas e mais provas apresentadas. Praticamente nenhuma ação foi tomada. Cheguei ao ponto de mandar msgs aos berros pro diretor, após dezenas de crimes cometidos. Nada”.


Siga no Telegram

Comente