Depois de Alckmin, outros tucanos começam a trilhar os caminhos de LULA

O ex-governador do Paraná, Beto Richa, em foto de Aniele Nascimento (Arquivo), e, ao lado, o ex-presidente Luiz Inácio LULA da Silva | Sobreposição de imagens


PROGRESSISTAS POR UM BRASIL SOBERANO

Pessedebista ex-governador do Paraná, Beto Richa, tem conversado com petistas para tentar se encontrar com o ex-presidente

Após o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, abrir a porta que dividia com rigor a direita pessedebista da esquerta petista, outros tucanos começam a olhar para a abertura e a imaginar que mundo diferente pode existir após transpassá-la.

É o que acontece com o também ex-governador Beto Richa, do estado do Paraná, que de acordo com o jornalista Guilherme Amado, no Metrópoles, iniciou e mantém conversas com filiados do partido da estrela vermelha para, em breve, ter encontro com o presidente de honra, LULA, do maior partido de esquerda da América Latina. o PT.

Amado diz que Richa, que hoje é o presidente do PSDB do Paraná e é do mesmo partido de João Doria, quer negociar apoio ao petista, que é considerado, por muitos nomes importantes da política mundial, o maior de todos os políticos da atualidade.

Comente

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.