Com fracasso de Moro nas pesquisas, Podemos tenta evitar debandada e ex-juiz deve mudar de partido

Baixo rendimento decepciona filiados da legenda do pré-candidato à Presidência, que alcançou só 8% das intenções de voto no último resultado

Decepcionados, filiados do Podemos atribuem o fracasso de Sergio Moro nas pesquisas de intenções de votos, que alcançou somente 8% no último resultado, a uma estratégia de marketing “falha” e o partido agora tenta evitar uma debandada destes políticos que veem o desempenho tão negativo que há até a possibilidade de que o ex-juiz mude de legenda, conforme mostra reportagem do UOL.

O mau desempenho do pré-candidato nas pesquisas fez com que parte dos dissidentes de outros partidos não mais optasse pela sigla do ex-juiz. Dessa forma, esses políticos, principalmente em âmbito estadual, começaram a ser abordados por outras legendas tradicionais.

O União Brasil (DEM + PSL) demonstrou à presidência do Podemos interesse em Moro e a legenda confirmou a proposta ao jornal O Globo. “Parlamentares do União Brasil pediram para avaliarmos esta possibilidade de o Moro migrar para o partido, mas não temos nada concreto“, disse Renata Abreu.

Segundo o jornal, alguns políticos do União Brasil pensam em ceder à deputada a cadeira de vice na chapa presidencial do partido se ela colaborar para a mudança de sigla.

Se todo mundo chegar à conclusão de que é o melhor caminho Moro ir para o União Brasil, será bom para todos os lados. É algo para somar, em comum acordo. É um projeto único“, comentou Renata.

Em entrevista ao UOL News, o vice-presidente nacional do PSL, deputado federal Júnior Bozzella (PSL-SP), afirmou que Moro pode se fortalecer no União Brasil.

Para mim, o Brasil pode ser um imã importante para o polo democrático. Uma vez o Moro estando aqui ele pode se fortalecer ainda mais e conseguindo atrair até outros presidenciáveis ou outros tantos atores do polo democrático“, avaliou.

Comente

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.