Cepa de coronavírus encontrada em porcos na China pode infectar humanos

16/10/2020 0 Por Redação Urbs Magna
Compartilhe

Cepa de coronavírus encontrada em porcos na China tem potencial para infectar os humanos, diz estudo da Universidade da Carolina do Norte, EUA, publicado na revista científica PNAS na segunda-feira (12).

Causador da doença denominada síndrome da diarreia aguda em suínos (SADS-CoV), esse tipo foi visto pela primeira vez em 2016 em morcegos e, depois, contaminou porcos na China e outros países.

A cepa é capaz de se reproduzir em células do fígado, intestino e por vias aéreas dos humanos.

“Os dados demonstram que o SADS-CoV tem uma ampla gama de hospedeiros e potencial inerente para se disseminar entre os hospedeiros animais e humanos, talvez usando os suínos como espécie intermediária”, relata a pesquisa.

O SADS-CoV é um alfacoronavírus causador de doenças grastrointestinais nos porcos, em vez de atingir o sistema respiratório, como no caso da covid-19, causando diarreia, vômitos fortes e constantes, o que pode levar à desidratação e desnutrição, sendo considerado letal para os porcos.

O antiviral remdesivir foi capaz de retardar a sua propagação nas células humanas.

Ainda não houve nenhum registro de humano infectado pelo SADS-CoV, mas os pesquisadores recomendam que seja feito um monitoramento contínuo de quem trabalha na suinocultura, para prevenir possíveis surtos da doença.

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.
Compartilhe