Categoria: Reportagem

Sempre golpista, presidente do TRF-4 diz que gravações do Intercept não podem ser usadas para inocentar Lula

Por Redação Urbs Magna

Para o desembargador, o fato de os áudios terem sido obtidos por meio de interceptação não autorizada pela Justiça impede até mesmo o início de uma apuração sobre o caso

Anúncios

Teatro de Moro e Deltan chega ao epílogo. Aras (novo PGR) sinaliza que, enfim, a justiça será feita: “Jamais tive medo de cumprir minhas funções”.

Por Redação Urbs Magna

Moro e Dallagnol tiveram seu momento. O brilho e a fama perderam força, graças a Glenn Greenwald e seu The Intercept Brasil, com a Vaza Jato – conjunto de reportagens que revelou o partidarismo da operação em apoio ao establishment. E o novo PGR, Aras, sabe disso.

Com medo da prisão, Deltan concede entrevista à BBC News, na qual se diz vítima de “maldade” e “veneno”

Por Redação Urbs Magna

Em uma das mais entrevistas mais detalhadas que concedeu desde o início da série de reportagens que expõe suspostos diálogos entre membros da Lava Jato – incluindo o atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro – em mensagens de celular, o procurador-chefe da operação, Deltan Dallagnol, se diz vítima de “maldade” e “veneno”

Artigo do The New York Times chama Bolsonaro de ‘menor’ dos líderes – por essa e outras, parece que é o fim do ‘Mito dos mentecaptos’

Por Redação Urbs Magna

Edição internacional do The New York Times traz nesta segunda-feira, 26, na capa um artigo intitulado “A devastação da Amazônia por todo o Brasil”, no qual o presidente Jair Bolsonaro é classificado como “o menor e mais maçante” dos líderes mundiais. 

Folha esculhamba Bolsonaro dizendo que sua burrice ameaça o Brasil mais do que repercussão negativa das queimadas na Amazônia

Por Redação Urbs Magna

Com o título ‘Mais do que o fogo, burrice amazônica do governo Bolsonaro ameaça o Brasil’, a Folha de São Paulo publica neste domingo (25) matéria em que expõe a falsidade do presidente em solucionar os graves problemas ambientais gerados pelas queimadas na floresta

CPI da Lava Jato pode desbaratar organização criminosa de Moro e Dallagnol

Por Redação Urbs Magna

Novas conversas da Vaza Jato mostram, que além do conluio estabelecido para levar o ex-presidente Lula à prisão, procuradores atuaram à margem da lei para obter, com um auditor da Receita, dados sigilosos de pessoas que sequer eram investigadas pela operação Lava Jato; Paulo Pimenta (PT) aponta crime e defende abertura de CPI