Categoria: MUNDO

Médicos cubanos temem pelo que acontecerá aos mais pobres, após saída do Brasil

Por Redação Urbs Magna

Os cubanos sofrem pelo que acontecerá aos brasileiros pobres. A parceria entre Cuba e o Brasil permite que cerca de 8.500 médicos cubanos que atuam no programa Mais Médicos ofereçam ajuda e atendam à milhões pessoas carentes nas regiões mais longínquas, onde a grande maioria de seus colegas brasileiros não se dispôs a ir. O fim da parceria afetará a população mais pobre do Brasil, mas também afeta os cubanos, inclusive os que moram em Cuba, segundo Jesus Rafael Mora, que já trabalhou em diversos países.

Papa Francisco diz que a pobreza que atinge milhões de pessoas no mundo é culpa dos injustos que predominam

Por Redação Urbs Magna

Ao presidir a celebração eucarística neste domingo (18), o papa Francisco falou sobre a pobreza que atinge milhões de pessoas no mundo. O líder católico identifica na injustiça a raiz principal da pobreza da qual são vítimas, segundo ele, crianças, jovens, idosos, refugiados e populações atingidas por guerra e pela exclusão. O papa afirmou ainda que os cristãos não devem ficar de braços cruzados diante das injustiças. “Não somos chamados a fazer o bem só a quem nos ama”, enfatizou Francisco.

De Mais Médicos a Menos Médicos – o que antes foi conquista, agora se transformou na irresponsabilidade de um louco

Por Redação Urbs Magna

Cabe destacar, inicialmente, que o programa “Mais Médicos” era uma reivindicação de um número substancial de prefeitos e foi, na época, uma conquista dos municípios brasileiros, em resposta à campanha “Cadê o Médico?” liderada pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP). Na ocasião, evidenciávamos uma enorme dificuldade para a contratação de médicos e também para a fixação dos profissionais no interior do país, nas pequenas cidades e na periferia das grandes metrópoles