Categoria: ECONOMIA

A Ascenssão do Brasil, com Lula, ao G20 e a vergonhosa queda, com Bolsonaro submisso aos EUA – vamos à reunião como caricatura do que fomos

Por Redação Urbs Magna

O Brasil será mero coadjuvante na cúpula do G20, que será realizada sexta-feira (30) e sábado (1) em Buenos Aires, Argentina. Esse papel secundário, com o usurpador presidente da República Michel Temer cumprindo o papel de figura decorativa, um mero espectador, se deve, basicamente, à queda do prestígio internacional, o que afasta o país das principais discussões no encontro. “Estar presente é sempre bom, mas hoje o Brasil não é um protagonista, mas sim um coadjuvante. Ele estará assistindo para aproveitar indiretamente a decisão de terceiros”, afirma José Augusto de Castro, presidente da Associação do Comércio Exterior do Brasil (AEB), à revista IstoÉ Dinheiro.

Anúncios

Submissão total dos Bolsonaros a Trump é loucura infantil inconsequente e irresponsabilidade com a soberania

Por Redação Urbs Magna

Em palestra realizada na Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, na tarde desta quarta-feira 28, o ex-prefeito de São Paulo e ex-candidato do PT à presidência da República, Fernando Haddad, contextualizou o cenário político e econômico em que se deram as eleições no Brasil e analisou o crescimento de governos de extrema-direita, marcados pela intolerância. Haddad destacou que, do ponto de vista internacional, esses governos “buscam se acoplar a um país que não está na sua própria condição”, a exemplo do movimento feito agora pelo Brasil em direção aos EUA de Donald Trump.

“Cuba não tem violência nem drogas e a educação é de excelência. A medicina é a melhor do planeta. Morei lá 7 anos!”

Por Redação Urbs Magna

Parabéns ao médico brasileiro Leandro Nascimento Bertoldi, que morou em Cuba por 7 anos, lá estudou medicina, revalidou seu diploma no Brasil e faz parte do Médicos para Todos. Um relato de quem conhece a realidade, na teoria e na prática. Um relato cabal para calar qualquer opinião midiática e tendenciosa que possa, ainda, persistir. Um relato de quem conhece a realidade, na teoria e na prática. Um relato cabal para calar qualquer opinião midiática e tendenciosa que possa, ainda, persistir.

Servidores Fazem Apelos A Bolsonaro Para Que Seus Postos Sejam Mantidos

Por Redação Urbs Magna

Diante dos diversos sinais de que a gestão de Jair Bolsonaro (PSL) vai investir pesado no corte de pessoal, entidades que representam funcionários públicos começam a se mobilizar para demover o governo de aniquilar seus postos. A Associação de Analistas de Comércio Exterior, por exemplo, elaborou um documento para defender a atuação da carreira. O texto, que será levado à equipe de transição, ressalta que os servidores são do Estado e não de uma ou outra administração.