Brasil tem mais de mil mortes por covid-19 pelo quinto dia seguido

17/01/2021 0 Por Redação Urbs Magna

Foram registrados 1.050 óbitos pela doença neste sábado, elevando a perda de vidas para 209.296 desde o início da pandemia

 Autoridades municipais retiram o corpo de Adamor Mendonça Maciel, de 75 anos, de sua casa em Manaus, no estado do Amazonas. Fotografia: Michael Dantas / AFP / Getty Images

Mortes por covid-19 em 24 horas passaram de mil pelo quinto dia seguido no Brasil, alardeia a imprensa internacional. O número total de óbitos pela doença se aproxima de 210 mil e a quantidade de infectados já ultrapassou os 8,4 milhões, segundo dados oficiais do governo.

Com 1.050 mortos neste sábado, o número atingiu 209.296, enquanto o país enfrenta um colapso no sistema de saúde pública em Manaus.

Já são mais de 6,6 mil em uma semana e o número de pessoas infectadas disparou, com mais de 60 mil infeções. O número total sobe para 8,4 milhões.

O Brasil é um dos principais epicentros da pandemia no mundo, sendo o segundo país com mais mortes por covid-19, atrás apenas dos EUA, e o terceiro com mais infectadas, depois dos EUA e da Índia.

O Brasil tem uma taxa de mortalidade de 99,1 mortes e uma incidência de 3.994 pessoas infetadas por 100.000 habitantes.

Na cidade, o número de mortes em casas aumentou, devido à falta de assistência especializada, e muitos ficaram horas em filas de espera para obter oxigénio para cuidar de familiares doentes.

Vários estados do país enviaram oxigênio para o Amazonas, com o apoio do governo nacional, para ajudar a lidar com a escassez, e mesmo a vizinha Venezuela relatou que um caminhão com tanques de oxigênio já tinha partido para o Brasil.

Outra região à beira do colapso é Mato Grosso, onde os hospitais estão praticamente cheios e as infecções não foram menores que mil por dia na última semana.

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.