Brasil não produz anticorpos contra vírus Bolsonaro e Pazuello, diz jornalista

28/02/2021 0 Por Redação Urbs Magna

“O pior ainda está por vir, pelas mãos sujas do capitão Jair Bolsonaro e do general Eduardo Pazuello”, escreve. Enquanto “proliferam mortes da Covid, país se prostra perante exibicionistas, corruptos e sociopatas”

Eduardo Pazuello e Jair Bolsonaro | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil 08/12/2020

“Chegamos ao pior estágio da pandemia e duas calamidades se prenunciam: a situação ainda vai se agravar muito; continuamos privilegiando as falsas batalhas e no caminho certo de perder a guerra”, escreve o jornalista Marcelo Leite, na Folha deste domingo. Leia os principais trechos a seguir:

“Há quem deplore a metáfora bélica, talvez porque o governo esteja infestado de militares e vários deles passem hoje por exemplos de incompetência, pusilanimidade e depravação. Faz muita falta aquele senso de empatia e comunidade que empurra cidadãos no mesmo rumo, como num conflito. Como se não houvesse um morticínio em curso, perdemos dias preciosos mesmerizados com um programa de TV em que exibicionismo e voyeurismo se mesclam na vivência de paixões vicárias. Um deputado federal desqualificado antes mesmo de eleger-se sequestrou a pauta do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Congresso”.

“Na terça-feira (23), um grupo autodenominado Médicos pela Vida fez publicar nesta Folha e noutros jornais um anúncio defendendo o tal “tratamento precoce” para Covid, com recurso ao pacote charlatão de cloroquina, ivermectina, zinco e vitamina D. (Médicos não são cientistas, já se disse; pior ainda quando são bolsonaristas que rezam pelo conhecido credo para exorcizar a ciência.) Foi quanto bastou para um sem-número de progressistas, pessoas razoáveis e equilibradas (entre as quais amigos e fontes), atacarem esses diários com virulência”.

“Governadores e prefeitos também se acovardam na epidemia. Mas eles ao menos podem dar a desculpa de ter dois vírus genocidas para combater ao mesmo tempo, um nos hospitais, outro em palácio. O pior ainda está por vir, pelas mãos sujas do capitão Jair Bolsonaro e do general Eduardo Pazuello. Escolhamos melhor contra quem nos insurgir nesta hora”.

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.