Bolsonaro promete surpreender com indicação do novo procurador-geral


O presidente Jair Bolsonaro afirmou a um grupo próximo de parlamentares que só indicará o novo procurador-geral da República nos 48 minutos do segundo tempo —ou seja, perto do fim do mandato de Raquel Dodge, que vai até setembro


Ele disse ainda que já está 90% definido e que as pessoas terão uma surpresa com o nome que vai escolher para comandar a PGR (Procuradoria-Geral da República). Bolsonaro, no entanto, é considerado imprevisível e pode antecipar a indicação.

Os candidatos ao cargo se movimentam para cair nas graças de Bolsonaro. O subprocurador-geral Augusto Aras, por exemplo, ganhou o apoio do ex-deputado federal Alberto Fraga, que liderava a bancada da bala no Congresso.

O subprocurador Paulo Gonet, católico e conservador, tem o apoio de Walton Alencar Rodrigues, ministro do TCU (Tribunal de Contas da União) e amigo do presidente.

Raquel Dodge tenta a recondução. Os subprocuradores Lauro Cardoso e José Bonifácio de Andrada também sonham com a indicação.

Comente

1 comentário em “Bolsonaro promete surpreender com indicação do novo procurador-geral”

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.