Bolsonaro faz Brasil passar pelo maior vexame de sua história no G20 e fala em exportar bijuterias de nióbio

28/06/2019 1 Por Redação Urbs Magna

O Brasil se tornou motivo de piada internacional com a participação de Jair Bolsonaro no encontro do G20, as nações mais ricas do mundo, em Osaka, no Japão

Percebido como um personagem tóxico e ultrajante, Bolsonaro não teve nenhuma agenda relevante e fez sua live de quinta-feira em que falou da perspectiva de que o Brasil passe a exportar bijuterias de nióbio.

Além disso, ele teve que falar do escândalo internacional de tráfico de drogas num avião presidencial.

Segundo o jornalista Fábio Pannunizio, âncora da Band, Bolsonaro conseguiu transformar o Brasil nas Filipinas das Américas, numa alusão ao presidente Rodrigo Duterte, motivo de vergonha internacional.

Detalhe: no governo Lula, o ex-presidente foi chamado de “o cara” por Barack Obama.

Confira, abaixo, algumas reações à participação de Bolsonaro:

Anote aí. Bolsonaro viajou ao Japão para protagonizar um dos maiores vexames da história da nossa diplomacia. Se o que está se desenhando no horizonte se confirmar, o Brasil sairá do G-20 isolado e estigmatizado. Somos as Filipinas da América. Ninguém nos quer por perto.— Fabio Pannunzio (@blogdopannunzio) 27 de junho de 2019

Bolsonaro foi para o Japão comprar uma bijuteria de nióbio. Tudo pago com dinheiro público. Não se encontrou com nenhum chefe de estado relevante. O mundo o reconhece como tóxico, uma criatura desprezível. O Brasil virou motivo de piada no exterior pic.twitter.com/rpIBGvA2e1— George Marques (@GeorgMarques) 28 de junho de 2019

BRASIL, EXPORTADOR DE BIJUTERIAS

A equipe falou e eu não acreditei. Mas é verdade e está aqui: Bolsonaro foi ao Japão participar do encontro do #G20 e cita BIJUTERIAS de nióbio como EXEMPLO de produto para o Brasil investir e exportar.

Não existe limite de vergonha pra ele?! pic.twitter.com/ge0aqSbKyv— Paulo Pimenta (@DeputadoFederal) 27 de junho de 2019

via Brasil 247

Comente