Bolsonaro e Kajuru podem ser presos por “corrupção ativa e passiva”, além de “advocacia administrativa”, diz jornalista

15/04/2021 0 Por Redação Urbs Magna

Para o colunista do jornal O Estado de Minas, o senador, ao atender pedido do presidente, “de forma sabuja e servil” para perseguir ministros, provou que “é o trigo, e não o joio”

O jornalista Ricardo Kertzman afirmou, no jornal O Estado de Minas, que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o senador Jorge Cajuru, que deixou o partido Cidadania nesta quinta-feira (15) e ingressou no Podemos- GO, poderão parar na cadeia.

Segundo o colunista, Kajuru, procurou Bolsonaro e pediu pra falar bem dele para o Brasil e, como resposta, o presidente pediu que ele mudasse o objeto da CPI da Covid para, assim, falar bem do político. Kertzman diz que “o pai do senador das rachadinhas e da mansão de 6 milhões de reais também pediu ao parlamentar para perseguir ministros do Supremo“.

De forma sabuja e servil, Kajuru disse já ter atendido o pedido presidencial antes mesmo que lhe fosse pedido“, diz o jornalista. “Prova de que é o trigo, e não o joio“.

Para Kertzman, “o que o senador fez tem, em tese, nome e sobrenome: corrupção ativa” e “o que o presidente fez tem, em tese, nome e sobrenome: corrupção passiva“. Além disso, o colunista diz que “há também, em tese, um termo jurídico-criminal para a proposta do devoto da cloroquina ao seu interlocutor: advocacia administrativa“.

Kertzman também diz que Bolsonaro “é um perigo ambulante para a saúde pública e para a democracia brasileira” e quando se junta com o “inexpressivo” Kajuru “e conspiram abertamente contra o Poder Legislativo e o Poder Judiciário, tornam-se potencialmente criminosos“.

O senador Jorge Kajuru anunciou hoje sua filiação ao partido Podemos durante a sessão do Senado, três dias depois de ter sido expulso do Cidadania por seu envolvimento na polêmica desta semana ao divulgar o áudio de uma conversa telefônica com Bolsonaro sobre a CPI da Pandemia, informa o G1.

Nos áudios divulgados por Kajuru, Bolsonaro afirma temer que o relatório da CPI seja “sacana“; pressiona Kajuru a pedir o impeachment de ministros do STF; e xinga e ameaça agredir o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), autor do pedido de criação da CPI.

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.