Bolsonaro confessa que mentiu, que nunca teve prova de fraude e acusa Barroso querer eleger Lula

29/07/2021 1 Por Redação Urbs Magna
Bolsonaro confessa que mentiu, que nunca teve prova de fraude e acusa Barroso querer eleger Lula

Acusação do presidente contra o ministro do TSE é muito grave e ao mesmo tempo sua fala o desmoraliza ainda mais como chefe de nação: “Vergonha alheia”, dizem usuários das redes sociais

Durante live nesta quinta-feira (24) que supostamente provaria que as urnas eletrônicas, utilizadas nas eleições brasileiras, não são confiáveis, Jair Bolsonaro confessou que vem mentindo há meses sobre o processo eleitoral.

Bolsonaro, que vem utilizando o voto impresso como principal bandeira de seu governo, confessou: “não temos prova” sobre fraudes em eleições anteriores no país.

O chefe do governo afirma somente que existem “indícios fortíssimos” de que as urnas tenham falhado ao longo da história. Tais indícios, porém, se baseiam em materiais “disponíveis na internet”.

Em mais um ataque ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, Bolsonaro disse, em uma acusação gravíssima, que o magistrado “não quer eleição, ele quer impor um nome”. O “nome” seria o do ex-presidente Lula, favorito para o pleito de 2022.

Síntese: Brasil 247

Comente