Bia Kicis posta Moro e Mandetta negros tentando vaga no Magazine Luiza

27/09/2020 0 Por Redação Urbs Magna
Compartilhe

Deputada federal é denunciada nas redes sociais por postagem racista

A deputada federal Bia Kicis (PSL-DF), ardorosa defensora de Bolsonaro e também inimiga de seus desafetos, fez uma postagem racista com os ex-ministros Luiz Henrique Mandetta e Sergio Moro, da Saúde e da Justiça e Segurança Pública respectivamente, dizendo que eles estão desempregados e tentam uma vaga de trabalho na rede varejista de eletrônicos e móveis Magazine Luiza.

Kicis está sendo denunciada por usuários do Facebook por conta da publicação considerada racista.

A deputada divulgou um meme com montagem de fotos em que os ex-ministros aparecem pintados de preto anexados a texto dizendo que ambos se viram obrigados a apelar para as cotas raciais ofertadas pela empresa.

O cientista político e professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV) Guilherme Casarões compartilhou a imagem da publicação com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pelo Twitter: “Caro deputado @RodrigoMaia, como fica essa postagem racista e abjeta frente ao Código de Ética da Câmara dos Deputados?”

Maia ainda não respondeu.

No fim da tarde, Bia compartilhou o link de uma matéria sobre o assunto, acusou o Magazine Luiza de racismo e disse que os brancos pobres têm as mesmas dificuldades que os negros. Ela também associou as críticas à sua publicação ao educador Paulo Freire.

Veja a resposta dela.

Vários leitores se manifestaram na página da deputada no Facebook, afirmando que a estavam denunciando por racismo. Seguidores também a questionaram pelo ataque a dois ex-ministros que ela defendia até recentemente, quando ainda faziam parte do governo.

Na semana passada o Ministério Público do Trabalho (MPT) em São Paulo indeferiu série de denúncias recebidas contra o Magazine Luiza relatando discriminação da empresa em processo de seleção para trainee voltado para pessoas negras. Para o MPT, não se trata de violação trabalhista, mas de uma ação afirmativa de reparação histórica.

No último dia 18, o Magazine Luiza abriu seleção para vagas de trainee exclusivas para pessoas negras. A empresa foi alvo de 11 denúncias no Ministério Público do Trabalho sob o argumento de que a empresa está praticando racismo ao impedir “pessoas que não tenham o tom de pele desejado pela empresa” de participarem do processo seletivo.

Indignado com a declaração da deputada sobre quem é racista, o jornalista Ricardo Noblat, da Veja, divulgou, estarrecido, a fala de Kicis em seu perfil do Twitter:

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.
Compartilhe