[Áudio] BOMBA: Bolsonaro Vai Cair! Ninguém segura mais! Ex-assessor Queiroz movimentou R$ 7 milhões para o clã entre 2014 e 2017 – Volta pra Curitiba, antes que seja tarde, Sergio Moro!

20/01/2019 2 Por Redação Urbs Magna

Valores estão nos arquivos do Conselho de Controle de Atividades Financeira (Coaf). A informação é do colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo. O ex-assessor Fabrício Queiroz não apresentou explicações sobre a origem dos recursos. As investigações estão suspensas por decisão do ministro Luiz Fux, do STF.

É muita prova e muito crime. O clã Bolsonaro não deve durar muito tempo. O próprio povo que fez a bobagem de eleger o ex-capitão do exército deve ir às ruas exigir seu Impeachment Já.

Os arquivos do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF), indicam que Fabrício Queiroz, ex-assessor do Senador Flávio Bolsonaro, movimentou o valor de R$ 7 milhões (sete milhões de reais) entre 2014 e 2017.

Ouça esta Matéria

Isso porque além do valor de R$ 1,2 milhão (um milhão e duzentos mil reais), que veio a público em dezembro, documentos do COAF indicam que mais R$ 5,8 milhão (cinco milhões e oitocentos mil reais) passaram pela conta corrente de Queiroz nos dois anos anteriores, totalizando então o valor de R$ 7 milhões (sete milhões de reais) em três anos.

As informações são do colunista Lauro Jardim, que estão publicadas hoje no jornal O Globo.

A gente lembra que o ex-assessor Fabrício Queiroz não apresentou explicações para o Ministério Público do Rio de Janeiro sobre as origens dos recursos .

As investigações, agora, estão suspensas por uma decisão do Ministro Luiz Fux do STF.

Et Urbs Magna via CBN/O GLOBO

Receba nossas atualizações direto no seu WhatsApp – Salve nosso número em sua agenda e envie-nos uma mensagem – É GRÁTIS – ACESSE AQUI

Doe ao Et Urbs Magna

𝙲𝙾𝙽𝚃𝚁𝙸𝙱𝚄𝙰 𝚌𝚘𝚖 𝚘 𝚅𝙰𝙻𝙾𝚁 𝚀𝚄𝙴 𝙳𝙴𝚂𝙴𝙹𝙰𝚁 (O valor está expresso em Dólar americano) Para alterar o valor a contribuir, basta alterar o MULTIPLICADOR na caixa correspondente 𝐀 𝐩𝐚𝐫𝐭𝐢𝐫 𝐝𝐞 𝐔𝐒𝐃 $ 5 até o limite que desejar

$5.00


Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.