“Não há no horizonte nenhum fato que justifique uma nova prisão de Lula. Começa hoje um novo capítulo da história política brasileira”, diz jurista da ABJD Advogado Ney Strozake

08/11/2019 0 Por Redação Urbs Magna
“Não há no horizonte nenhum fato que justifique uma nova prisão de Lula. Começa hoje um novo capítulo da história política brasileira”, diz jurista da ABJD Advogado Ney Strozake

Começa nesta sexta-feira (8) um novo capítulo da história política e jurídica brasileira. Essa é a interpretação de Ney Strozake, advogado e membro da Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD), sobre a soltura do ex-presidente Lula (PT).


A liberdade foi assegurada após uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), na noite anterior, que derrubou a possibilidade de prisão automática dos réus após condenação em segunda instância.

Strozake (esq.) concedeu entrevista nos estúdios da Rádio Brasil de Fato - Créditos: Sheila de Oliveira
Strozake (esq.) concedeu entrevista nos estúdios da Rádio Brasil de Fato / Sheila de Oliveira

WHATSAPP

TELEGRAM
Receba nossas NOTÍCIAS.
Acesse e siga as INSTRUÇÕES
Receba nossas NOTÍCIAS.
Acesse e siga NOSSO CANAL

Em entrevista à Rádio Brasil de Fato, Strozake argumenta que a libertação de Lula fortalece a oposição ao governo Bolsonaro (PSL) e representa o primeiro passo para o resgate da democracia e do Estado de Direito no Brasil.  

Por outro lado, o jurista lembra que a liberdade concedida hoje não é definitiva, mas vale “até que seja possível julgar todos os recursos do Lula no STJ [Superior Tribunal de Justiça] e no STF [Supremo Tribunal Federal]”. 


Curta nossa página oficial e receba notícias primeiro:
(clique na imagem abaixo)



CONTINUA APÓS A SEÇÃO ABAIXO:

Leia também
Sentença de Lula também será anulada – por Moisés Mendes em ‘O VEXAME DA JUÍZA QUE COPIA’
Augusto Nunes prevê anulação do caso Triplex de Lula no Supremo Tribunal Federal
Leia também outras notícias desta quarta (13 de novembro de 2019)
TRF-4 derruba sentença “copia e cola” da juíza Gabriela Hardt, que condenou Lula no processo do Sítio de Atibaia
VÍDEO – Paulo Pimenta expulsou invasores da embaixada da Venezuela em Brasília com as próprias mãos – ASSISTA
Brasil pode ser denunciado por violar convenção e não proteger embaixada da Venezuela – invasão pode ter o dedo de Eduardo Bolsonaro


CONTINUAÇÃO

“Mas, por enquanto, não há no horizonte nenhum fato novo que justifique uma nova prisão de Lula”, pondera. “O fato é que o dia de hoje é uma alegria para nós, que defendemos a Constituição, e uma vergonha para [Sergio] Moro, para a parte podre do MPF [Ministério Público Federal] e para parte do STF”.

Para Strozake, “é muito claro o uso do Direito com fins políticos na operação Lava Jato”, o que desrespeita a Constituição Federal e tratados internacionais. Ao assumir o Ministério da Justiça de Bolsonaro, segundo o jurista, Moro demonstrou a parcialidade com que conduziu os processos da operação.

Embora deixe claro que os recursos de Lula ainda serão julgados, Strozake não descarta que o ex-presidente volte a disputar eleições em breve. “Se a 2ª Turma [do STF] decidir que o Moro foi parcial, o processo [caso triplex] volta à estaca zero e Lula pode inclusive voltar a ser candidato”.

Depois de saudar a militância em Curitiba, o ex-presidente irá a São Bernardo do Campo (SP) para um ato político no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC.

VÍDEO RELACIONADO (Lula discursa ao ser libertado):

Anúncios