General Villas Bôas convoca brasileiros contra ameaças da França “de emprego do poder militar”

23/08/2019 9 Por Redação Urbs Magna
General Villas Bôas convoca brasileiros contra ameaças da França “de emprego do poder militar”

Ex-comandante das Forças Armadas e aliado do golpe que levou Bolsonaro ao poder, Villas Bôas faz eco aos delírios de bolsonaristas, sai na defesa de Ricardo Salles e diz que presidente francês, Emmanuel Macron, realiza “ataques diretos à soberania brasileira”


Em mais uma cena lastimável para as relações diplomáticas do Brasil, o general Eduardo Villas Bôas, ex-comandante das Forças Armadas e aliado de primeira hora do golpe que levou Jair Bolsonaro ao poder, fez eco aos delírios de bolsonaristas no Twitter e convocou os brasileiros a “se posicionarem firmemente” diante dos “ataques diretos à soberania brasileira, que inclui, objetivamente, ameaças de emprego do poder militar” que teriam sido feitas pelo presidente francês Emmanuel Macron.


Continua após o anúncio

Clique na imagem e participe do EUM channel, nosso CANAL no aplicativo de mensagens TELEGRAM

“Com uma clareza dificilmente vista, estamos assistindo a mais um país europeu, dessa vez a França, por intermédio do seu presidente Macron, realizar ataques diretos à soberania brasileira, que inclui, objetivamente, ameaças de emprego do poder militar”, tuitou, em uma sequência histérica o general, na noite desta quinta-feira (22), se alinhando às críticas de pessoas como Eduardo Bolsonaro, que tuitou vídeo chamando Macron de idiota.

De forma desconexa, citando testes nucleares realizados pela França na Polinésia, o militar disse que as ações propostas por Macron para auxiliar no combate ao desmatamento na Amazônia “ultrapassa os limites do aceitável na dinâmica das relações internacionais”.

“Vamos nos unir em torno daqueles que têm procurado trazer à luz a verdade sobre essas questões ambientais e indigenistas”, afirma, listando, entre outros, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

Com uma clareza dificilmente vista, estamos assistindo a mais um país europeu, dessa vez a França, por intermédio do seu presidente Macron, realizar ataques diretos à soberania brasileira, que inclui, objetivamente, ameaças de emprego do poder militar.

— General Villas Boas (@Gen_VillasBoas) August 23, 2019


SIGA Et Urbs Magna

FacebookTwitterInstagram
Anúncios