Doria é derrotado e Aécio continua no PSDB

22/08/2019 1 Por Redação Urbs Magna
Doria é derrotado e Aécio continua no PSDB

O governador de São Paulo foi um dos principais articuladores do pedido de expulsão, rejeitado pela Executiva do PSDB


O pedido de expulsão do deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG) foi arquivado pela executiva nacional do partido nesta quarta-feira (21) por 33 votos a 4, com uma abstenção. O governador de São Paulo, João Doria, era um dos principais defensores da saída de Aécio e articulou o pedido através dos diretórios municipal e estadual de São Paulo, além do PSDB do Rio Grande do Sul.


CONTINUA APÓS AS IMAGENS


Doria e seus aliados argumentavam que o mineiro é investigado em uma série de inquéritos e se tornou réu na Lava Jato sob acusação de corrupção passiva no caso Joesley Batista e obstrução da Justiça. Para eles, isso fere os princípios éticos da legenda, reformulados recentemente a pedido do grupo ligado ao governador de São Paulo.

A decisão da executiva acompanhou a consideração do relator, o deputado federal Celso Sabino (PSDB-PA), que avaliou os requerimentos como “ineptos”. Além da decisão final de não expulsar Aécio, a larga vantagem que o manteve no partido também pode ser vista como uma grande derrota para Doria, que tem se colocado como pilar de um “novo PSDB”.

Na terça-feira, Doria, confiante que veria o mineiro fora da legenda, deu a seguinte declaração: “A meu ver, o deputado Aécio Neves tem todo o direito a formular a sua defesa, confiante na sua inocência, mas pode fazê-lo fora do PSDB”.

Apesar da decisão da Executiva, a situação de Aécio não está estabilizada no partido, já que novos processos ainda devem surgir.


SIGA Et Urbs Magna

FacebookTwitterInstagram
Anúncios