Guedes já assinou a MP que tira o Coaf das mãos de Moro

19/08/2019 0 Por Redação Urbs Magna
Guedes já assinou a MP que tira o Coaf das mãos de Moro

Com a decisão, a estrutura hoje comandada por Roberto Leonel, que apareceu na Vaza Jato acusado de quebrar informalmente sigilos fiscais, passa para o Banco Central e não mais estará subordinada ao ministério da Justiça, conduzido por Sergio Moro


(Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

O governo quer encerrar nesta semana a transferência do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) para o Banco Central (BC) , o que resultará na saída imediata do atual presidente do órgão, Roberto Leonel . Ele foi indicado pelo ministro da Justiça, Sergio Moro , e, nas últimas semanas, tornou-se alvo da insatisfação do presidente Jair Bolsonaro. A medida provisória (MP) que promove essa mudança foi assinada na última sexta-feira pelo ministro da Economia, Paulo Guedes , e enviada à Secretaria-Geral da Presidência. O texto está sob análise técnica e a expectativa dentro do ministério da Economia é que ela seja publicada a partir de amanhã, informa reportagem do jornal O Globo.



Ontem, Leonel foi protagonista do mais recente capítulo da Vaza Jato, acusado de quebrar sigilos fiscais informalmente, para atingir alvos definidos pela força-tarefa da Lava Jato, nos processos contra o ex-presidente Lula. Em resposta, a defesa de Lula apontou que Leonel cometeu crime, que tem como resposta a cadeia. Leonel foi defendido pela Lava Jato, mas não se manifestou. Sem o Coaf, ele pode antecipar sua aposentadoria.


via O GLOBO / Brasil 247

SIGA Et Urbs Magna

FacebookTwitterInstagram
Anúncios