Globo mente: Bonner associa Lula à devastação da Amazônia, incentivada por Bolsonaro, e revolta internautas

19/08/2019 5 Por Redação Urbs Magna
Globo mente: Bonner associa Lula à devastação da Amazônia, incentivada por Bolsonaro, e revolta internautas

Em sua cruzada antipetista, JN compara Lula a Bolsonaro, que estimula desmatamento da Amazônia


William Bonner dá um duplo twist carpado para associar o ex-presidente Lula à devastação da Amazônia incentivada por Jair Bolsonaro e revolta internautas; “Jornal Nacional escolhe como objeto da reportagem a simetria entre falas de presidentes e não a assimetria dos números. É assim que o jornalismo foge de sua responsabilidade“, diz agência Sportlight



Em mais um episódio da cruzada da Globo contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o Jornal Nacional desta segunda-feira, 19, comparou Lula a Jair Bolsonaro, ao falar dos ataques do presidente de extrema-direita à floresta Amazônica.




Após apresentar uma reportagem que exibiu o efeito de queimadas no Mato Grosso – as maiores nos últimos sete anos – e a falta de recursos para combater os incêndios, o apresentador William Bonner leu um texto didático sobre o assunto. A principal referência foi a uma fala de Bolsonaro, em resposta à decisão do governo alemão de suspender o envio de recursos para proteção ambiental no Brasil.

Bonner primeiro comparou a postura de Bolsonaro à do ex-presidente Lula: “Quando a Alemanha e a Noruega anunciaram a suspensão do envio de recursos para a proteção da floresta amazônica, o presidente Jair Bolsonaro repetiu uma postura que o então presidente Lula adotava quando estrangeiros criticavam a política ambiental do Brasil. Os dois presidentes afirmaram que a Europa destruiu todas as suas florestas e que, por isso, não tem moral para dar conselhos sobre a Amazônia.”

No Twitter, vários internautas criticaram a abordagem do Jornal Nacional:

via JN – Globo / Brasil 247


SIGA Et Urbs Magna

FacebookTwitterInstagram
Anúncios