Livraria doa livros de Direito a Moro e Deltan, para ‘usufruto pessoal’ na loja

18/08/2019 0 Por Redação Urbs Magna
Livraria doa livros de Direito a Moro e Deltan, para ‘usufruto pessoal’ na loja

Livraria oferece livros sobre direito de graça para Moro e Dallagnol – Condições especiais só podem ser ‘usufruídas pessoalmente’, escreveu livraria, que já ‘presenteou’ outras figuras do governo antes


Uma livraria do Rio de Janeiro publicou, nesta quinta-feira 15, uma promoção exclusiva para dois membros essenciais da Operação Lava Jato: Sérgio Moro e Deltan Dallagnol. A temática? Direito.


publicado originalmente em Carta Capital


Na publicação, a livraria Leonardo da Vinci ofereceu um ano de livros de direito de graça para o atual ministro e para o procurador da República, ambos protagonistas dos controversos vazamentos de mensagens conhecidos como Vaza Jato. Na imagem, aparecem obras sobre Direito Penal, Estado e Constituição e uma nomeada ‘As raízes legais da corrupção’.

Clique na imagem e participe do EUM channel, nosso CANAL no aplicativo de mensagens TELEGRAM

“Sem ressentimentos e divisionismos, nossa decisão mira o futuro. Acreditamos que esse primeiro contato com as leis brasileiras e o pensamento jurídico universal fará bem a suas excelências e ao país”, escreveu nas redes sociais a livraria. Em seguida, estipulou que o prêmio só poderia ser “usufruído presencialmente”.

Os seguidores ainda deram outras sugestões para Moro e Dallagnol. “Adorei! Agora alguma universidade poderia oferecer curso de direito para eles refazerem algumas disciplinas e uma reciclagem”, escreveu um deles.

Essa não é a primeira vez que a livraria oferece condições especiais para figuras públicas. Depois do anúncio dos contingenciamentos do governo federal e da célebre confusão do ministro Abraham Weintraub do prato ‘cafta’ com o autor Kafka, a livraria enviou ao MEC uma edição de ‘A metamorfose’ diferenciada.

“Antecipadamente, pedimos desculpas pelo corte de 25% no livro, mas a situação das livrarias brasileiras está difícil”, escreveram. Confira a postagem original abaixo.

Ver essa foto no Instagram

Rio de Janeiro, 16 de maio de 2019. Excelentíssimo sr. Ministro da Educação Abraham Weintraub Conhecendo seu apreço pela educação, em especial pela leitura de Franz Kafka, tomamos a liberdade de enviar para vossa excelência um exemplar de uma nova edição do grande clássico do escritor tcheco de expressão alemã, A metamorfose. Antecipadamente, pedimos desculpas pelo corte de 25% no livro, mas a situação das livrarias brasileiras está difícil. Temos certeza que isso não impedirá sua leitura atenta e apaixonada. Com a mais sincera estima, Livreiros da Leonardo da Vinci #livrarialeonardodavinci #educacaopublica #universidadepublica #dia30vaisermaior #tsunamidaeducação

Uma publicação compartilhada por Livraria Leonardo da Vinci (@livrarialeonardodavinci) em



SIGA Et Urbs Magna

FacebookTwitterInstagram
Anúncios