Idiomas sem Fronteiras (IsF) é encerrado por “não ter funcionado”, após quase um milhão aprender outra língua

20/07/2019 0 Por Redação Urbs Magna
Idiomas sem Fronteiras (IsF) é encerrado por “não ter funcionado”, após quase um milhão aprender outra língua

MEC encerra programa de intercâmbio de linguas do Governo Federal – Após proporcionar que mais de 818 mil alunos e professores universitários aprendessem uma segunda língua, o Idiomas sem Fronteiras (IsF) será encerrado pelo Ministério da Educação por “não ter funcionado”


O programa Idioma Sem Fronteiras (ISF), criado como um braço do extinto Ciência Sem Fronteiras, será encerrado pelo governo Bolsonaro após críticas da equipe do ministro Abraham Weintraub que avalia que ele “não deu certo”.

Após proporcionar que mais de 818 mil alunos e professores universitários aprendessem uma segunda língua, o Idiomas sem Fronteiras (IsF) será encerrado pelo Ministério da Educação (MEC). Segundo Arnaldo Barbosa de Lima Júnior, secretário da Educação Superior do ministério, ele não funcionou.  “O Idiomas sem Fronteiras não funcionou, a gente vai substituir. O objetivo não pode ser pagar TOEFL [teste de proficiência em inglês] para as pessoas”, afirmou.

Como destaca a Exame, a declaração de Lima Júnior veio logo após ele dizer que “falta internacionalização”. “Existem poucos estrangeiros no nosso país e, poucos brasileiros no exterior. As ações que foram feitas no passado, como o Ciências sem Fronteiras, não foram bem sucedidas porque focaram no CPF das pessoas. Nós queremos focar no CNPJ das instituições”, disse.

Na quinta-feira (17), o governo do Maranhão, de Flávio Dino (PCdoB), anunciou a abertura de 80 vagas do programa Cidadão do Mundo, que tem foco similar ao ISM. Dino foi alvo de declarações xenofóbicas de Bolsonaro nesta sexta-feira (18).

SIGA Et Urbs Magna

FacebookTwitterInstagram
Anúncios