Moro, pivô da crise no Brasil, terá um ‘espião’ em Centro de Inteligência nos EUA

25/06/2019 0 Por Redação Urbs Magna
Moro, pivô da crise no Brasil, terá um ‘espião’ em Centro de Inteligência nos EUA

Distante fisicamente da crise que provocou no governo, em visita aos Estados Unidos, o ministro da Justiça Sergio Moro informou pelo Twitter na noite desta segunda-feira (24) que vai manter um “agente de ligação” no Centro de Inteligência de El Paso, na região fronteiriça do Texas com o México

Moro deixará agente em centro de inteligência dos EUA para “compartilhamento de informações”

Distante fisicamente da crise que provocou no governo, em visita aos Estados Unidos, o ministro da Justiça Sergio Moro informou pelo Twitter na noite desta segunda-feira (24) que vai manter um “agente de ligação” no Centro de Inteligência de El Paso, na região fronteiriça do Texas com o México, para “compartilhamento de informações estratégicas”

“Visita ao EPIC – El Paso Intelligence Center por agentes da PF, PRF, SEOPI e SENASP para conhecer as instalações e procedimentos. Manteremos um agente de ligação lá para obtenção e compartilhamento de informações estratégicas. O crime hoje é transnacional”, tuitou.

Segundo Moro, as técnicas aprendidas nos EUA serão replicadas no Brasil. “Queremos replicar no Brasil esses centros nos quais todas as agências de aplicação da lei têm representantes e compartilham informações. Aqui, para guarnecer nossas fronteiras. O projeto piloto será em Foz do Iguaçu, início já programado para o segundo semestre”.

O Centro de Inteligência de El Paso agrega diversas instituições de justiça estadunidenses em um ambiente de força-tarefa e é comandado pelo Drug Enforcement Administration (DEA – em tradução livre Órgão para o Controle/Combate das Drogas), órgão de polícia federal do Departamento de Justiça dos Estados Unidos.

Visita ao EPIC – El Paso Intelligence Center por agentes da PF, PRF, SEOPI e SENASP para conhecer as instalações e procedimentos. Manteremos um agente de ligação lá para obtenção e compartilhamento de informações estratégicas. O crime hoje é transnacional. pic.twitter.com/9TVMtr19St

— Sergio Moro (@SF_Moro) 25 de junho de 2019

Anúncios