Empresários mudam de opinião e decidem apoiar manifestações pró-Bolsonaro

22/05/2019 0 Por Redação Urbs Magna
Empresários mudam de opinião e decidem apoiar manifestações pró-Bolsonaro

Presidente do movimento Brasil 200 afirma que estará nas ruas no domingo (26)

O movimento de empresários Brasil 200, que reúne nomes como Flávio Rocha (Riachuelo) e João Appolinário (Polishop), mudou de posição e, agora, vai apoiar as manifestações do domingo (26).

Manifestações contra oa favor do Impeachment da presidente Dilma Rousseff, em 2015
Manifestações contra e a favor do Impeachment da presidente Dilma Rousseff, em 2015 – Jorge Araujo/Folhapress

“As pautas mudaram. As manifestações serão em defesa da reforma da Previdência, da MP 870, que é a reforma administrativa, e do pacote anticrime do ministro Sergio Moro. Nós também defendemos isso e, por isso, decidimos ir para as ruas”, disse Gabriel Kanner, presidente do Brasil 200.

Kanner afirma que o grupo decidiu não apoiar as manifestações no início porque organizadores dos protestos estavam compartilhando hashtags sobre invadir o Congresso e fechar o STF (Supremo Tribunal Federal). “Refutamos essas pautas. Nunca podemos atacar as instituições.”

O presidente do movimento está em Brasília nesta quarta e diz que conversou com parlamentares sobre as bandeiras que serão defendidas no domingo. “Ficou muito claro que o principal pedido será a reforma da Previdência, que sem ela o país não anda”, disse.

Em reunião ministerial nesta terça-feira (21), o presidente Jair Bolsonaro (PSL) pediu aos integrantes de sua equipe que não compareçam às manifestações em apoio ao governo. O próprio presidente desistiu de participar dos atos.

via Folha de São Paulo

Anúncios