Censura à informações da Previdência é criticada até por Janaina Paschoal (PSL)

22 22-03:00 abril 22-03:00 2019 0 Por Redação Urbs Magna
Censura à informações da Previdência é criticada até por Janaina Paschoal (PSL)

Janaina Paschoal (PSL) critica governo por impor censura à informações da Previdência: “Errou”

Para a deputada estadual, que é do mesmo partido de Bolsonaro, o PSL, o presidente e Paulo Guedes erraram ao impor sigilo em documentos que dão informações importantes sobre a reforma da Previdência: ” O sigilo, com todo respeito, não ajuda nada nesta missão”

A deputada estadual Janaina Paschoal (PSL-SP), recordista em votação em seu estado e tida como uma das “estrelas” do partido de Jair Bolsonaro, criticou o governo, neste domingo (21), por ter imposto censura à informações relativas ao projeto da reforma da Previdência que está em tramitação no Congresso.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, e Bolsonaro, determinaram a proibição do acesso a estudos e pareceres técnicos que embasaram a Proposta de Emenda à Constituição (PEC). Sob sigilo, não poderão ser divulgados documentos importantes para os trabalhadores. Dessa forma, argumentos, estatísticas, dados econômicos e sociais ficam submetidos à censura, de acordo com informações de Fábio Fabrini e Bernardo Caram, da Folha de S.Paulo.

“Erra o Governo ao decretar sigilo sobre relatórios que embasam a Ref. da Previdência. O erro se deve a dois fatores. Primeiro, a publicidade é a regra. Segundo, a Reforma da Previdência será a maior Reforma Social dos próximos tempos, quanto mais clareza em torno dela, melhor!”, escreveu em seu perfil do Twitter. Ela foi a única apoiadora do governo a criticar a medida.
E prosseguiu: “As pessoas precisam entender que, atualmente, os mais pobres sustentam o conforto e a segurança dos privilegiados. O sigilo, com todo respeito, não ajuda nada nesta missão. A transparência é sempre melhor, sobretudo por estarmos no caminho certo. Ademais, esse sigilo será usado para atrasar a necessária Reforma e o Brasil tem pressa!”.

via Folha de São Paulo/Revista Fórum

Anúncios