Preso nesta quinta (11), Assange revelou entrega do pré-sal e impeachment de Dilma

11 11-03:00 abril 11-03:00 2019 3 Por Redação Urbs Magna
Preso nesta quinta (11), Assange revelou entrega do pré-sal e impeachment de Dilma

Vazamentos de Assange revelaram conluios de políticos como Temer e José Serra com os EUA – Entre os diversos objetivos estavam a entrega do pré-sal e o golpe que depôs Dilma

Julian Assange – Wikileaks

Julian Assange, que foi preso pela polícia britânica, nesta quinta-feira (11), na embaixada do Equador, em Londres, no reino Unido, onde estava asilado desde 2012, é o fundador, porta-voz e um dos nove membros do conselho consultivo do Wikileaks, um site de vazamentos de informações e denúncias

votação do impeachment de Dilma Rousseff

Em várias entrevistas, depoimentos e artigos, ele denunciou espionagem americana contra o governo brasileiro. Em longa e exclusiva entrevista concedida pelo fundador do Wikileaks ao escritor Fernando Morais, em 2017, ele detalha várias ações em diversos governos, sobretudo, durante o golpe de 2016, que tirou Dilma Rousseff do poder e colocou Michel Temer. Durante a conversa ele afirma que Temer forneceu informações aos EUA em troca de apoio. Veja detalhes aqui.

O Wikileaks revelou também as razões para o então senador, José Serra (PSDB-SP), em 2010, ter votado contra o PL 12.267/2010 enviado ao congresso pelo presidente Lula. A verdadeira “preocupação” de Serra com a Petrobras era a sua ligação com os Estados Unidos, que veio à tona em meio às revelações do Wikileaks.

Resultado de imagem para josé serra e a petrobras
charge com José Serra entregando o pré-sal aos EUA

Os documentos vazados no final de 2009 reproduziam telegramas do consulado americano em São Paulo a Washington, segundo o qual Serra — então governador de São Paulo em final de mandado e candidato a presidente — se comprometia com uma executiva da petrolífera Chevron, a mudar as regras de exploração de petróleo no pré-sal, que o governo Lula havia aprovado no Congresso, caso fosse eleito.

Julian Assange homenageado pelo MST pelo jornalismo denúncia

Em 2011, Assange deu entrevista para vários blogueiros brasileiros. A extensa conversa, repletas de detalhes sobre a atuação do Wikileaks na época, foi publicada no Blog do Rovai. Em 2014, o Movimento dos Trabalhadores sem Terra ofereceu asilo em um assentamento à Assange.

Resultado de imagem para mst assange captured
Assange no momento em que foi arrastado para o carro da polícia na quinta (11)

A prisão
O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, foi preso pela polícia britânica nesta quinta-feira na embaixada do Equador, em Londres, no reino Unido, onde estava asilado desde 2012. As informações são da Agência Reuters. “Julian Assange, 47, foi hoje, quinta-feira 11 de abril, preso por policiais do Serviço de Polícia Metropolitana (MPS) na Embaixada do Equador”, disse a polícia.

Edward Snowden, ex-funcionário da NSA, empresa americana de espionagem

O analista de sistemas, Edward Snowden, ex-analista da CIA que revelou o sistema de espionagem em massa dos EUA, compartilhou em seu Twitter nesta quinta-feira (11) vídeo com o fundador do Wikileaks, Julian Assange, sendo arrastado pela polícia de Londres ao ser preso na Embaixada do Equador, onde ficou asilado por quase 7 anos.

Images of Ecuador’s ambassador inviting the UK’s secret police into the embassy to drag a publisher of–like it or not–award-winning journalism out of the building are going to end up in the history books. Assange’s critics may cheer, but this is a dark moment for press freedom. https://t.co/ys1AIdh2FP

— Edward Snowden (@Snowden) 11 de abril de 2019

via Revista Fórum

Anúncios