Folha sugere que Lula é preso político ao compará-lo com outros denunciados que estão livres

18 18-03:00 fevereiro 18-03:00 2019 1 Por Dino Barsa
Folha sugere que Lula é preso político ao compará-lo com outros denunciados que estão livres

Matéria assinada por Felipe Bächtold da Folha de São Paulo desta segunda (18) incita à uma avaliação da situação de Lula na condição de perseguido com fins políticos, ao sugerir a seus leitores, em sua grande maioria ultra-direitistas, que comparem-no com outros denunciados pela Operação Lava Jato no mesmo período de tempo mas que, contrariamente ao ex-presidente, continuam livres.

“Lula é perseguido pela Justiça? Compare com Aécio, Serra, Temer, Collor e Sarney – Ausência de punição a adversários do ex-presidente se tornou argumento recorrente de petistas”, anuncia a Folha.

Leia a transcrição da matéria:

A ausência de punição a adversários do ex-presidente Lula se tornou um argumento recorrente de petistas para justificar a tese de “perseguição política” a que ele estaria submetido na Lava Jato.

Em cinco anos desde que foi deflagrada, a operação mirou opositores de Lula e outros ex-presidentes. Mas fatores como o foro especial e trâmites longe da Vara Federal de Curitiba, conhecida pela agilidade nos processos, têm retardado alguns outros processos.

(…)

Há casos que começaram a ser investigados na mesma época, em 2015, e que ainda não têm um desfecho. Um exemplo é o de outro ex-presidente, o hoje senador Fernando Collor (Pros-AL), réu no STF (Supremo Tribunal Federal) devido ao foro especial. Ele foi acusado formalmente na Lava Jato, em 2015, mas até hoje o caso dele não foi julgado.

A 13ª Vara Federal de Curitiba, na qual atuava o ex-juiz Sergio Moro, é especializada em crimes financeiros, e o titular se dedica apenas a casos ligados à Lava Jato, o que dinamizou suas iniciativas. Por decisão do Supremo, porém, o juízo lá se limita a casos relativos à Petrobras, foco da operação em seu início, em 2014.

Entre adversários diretos do PT, os ex-presidenciáveis tucanos Aécio Neves e José Serra, que têm foro especial, também estão às voltas com investigações que andaram em ritmos variados. Aécio se tornou réu em decorrência da delação da JBS em abril de 2018. Até agora, porém, o caso pouco andou. Serra tende a ser beneficiado por prazos de prescrição.

O trâmite mais moroso no STF chegou a beneficiar petistas, como o próprio Lula, denunciado três vezes na corte —uma delas ainda sem definição há um ano e meio.

Leia mais aqui

Bolsonaro, indubitavelmente, anda mal das pernas surpreendendo até mesmo aqueles que fizeram as mais pessimistas previsões antes do início de seu mandato. Ele é, visivelmente, submisso ainda pior que Temer, que disfarçava uma preocupação com a soberania brasileira.

Além disso, o jornal Folha de São Paulo, bem como outras mídias conhecidas, se tornou um dos principais desafetos do presidente, que chegou a declarar que as redes sociais seriam as principais fontes de informação sobre seu governo.

A iniciativa da Folha em abrir um assunto da esquerda em um espaço neoliberal até expandi-lo à ideia da prisão política de Lula, ainda que sutilmente, pode estar propositalmente tentando conduzir os consumidores da política ultradireitista para uma gradativa sensatez, e isso pode ter segundas intenções.

Um fato é que a prisão de Lula tornou-se insustentável para seus próprios adversários ante as crescentes manifestações internacionais sobre o assunto. Todos querem saber o que está acontecendo no Brasil.

Et Urbs Magna via Folha de São Paulo

Receba nossas atualizações direto no seu WhatsApp – Salve nosso número em sua agenda e envie-nos uma mensagem – É GRÁTIS – ACESSE AQUI

Doe ao Et Urbs Magna

𝚂𝚘𝚖𝚘𝚜 𝚘 𝚕𝚒𝚟𝚛𝚎 𝚊𝚛𝚋í𝚝𝚛𝚒𝚘; 𝚊 𝚕𝚒𝚋𝚎𝚛𝚍𝚊𝚍𝚎; 𝚊 𝚟𝚎𝚛𝚍𝚊𝚍𝚎. 𝙿𝚛𝚎𝚘𝚌𝚞𝚙𝚊𝚖𝚘-𝚗𝚘𝚜 𝚞𝚗𝚜 𝚌𝚘𝚖 𝚘𝚜 𝚘𝚞𝚝𝚛𝚘𝚜 (𝚗𝚒𝚗𝚐𝚞é𝚖 𝚜𝚘𝚕𝚝𝚊 𝚊 𝚖ã𝚘 𝚍𝚎 𝚗𝚒𝚗𝚐𝚞é𝚖); 𝚌𝚘𝚖 𝚘𝚜 𝚌𝚘𝚖𝚙𝚊𝚝𝚛𝚒𝚘𝚝𝚊𝚜; 𝚌𝚘𝚖 𝚊 𝚜𝚘𝚋𝚎𝚛𝚊𝚗𝚒𝚊; 𝚌𝚘𝚖 𝚘 𝚙𝚛𝚘𝚐𝚛𝚎𝚜𝚜𝚒𝚜𝚖𝚘. 𝙽ã𝚘 𝚌𝚊𝚋𝚎𝚖 𝚎𝚖 𝚗ó𝚜 𝚊 𝚝𝚒𝚛𝚊𝚗𝚒𝚊; 𝚊 𝚒𝚛𝚊; 𝚊 𝚖𝚎𝚗𝚝𝚒𝚛𝚊; 𝚊 𝚖𝚊𝚗𝚒𝚙𝚞𝚕𝚊çã𝚘. 𝚃𝚞𝚍𝚘 𝚘 𝚚𝚞𝚎 𝚍𝚎𝚜𝚎𝚓𝚊𝚖𝚘𝚜 é 𝚜𝚎𝚞 𝚋𝚎𝚖 𝚎𝚜𝚝𝚊𝚛; 𝚜𝚞𝚊 𝚏𝚎𝚕𝚒𝚌𝚒𝚍𝚊𝚍𝚎; 𝚜𝚞𝚊 𝚙𝚛𝚘𝚜𝚙𝚎𝚛𝚒𝚍𝚊𝚍𝚎. 𝚀𝚞𝚎𝚛𝚎𝚖𝚘𝚜 𝚝𝚎 𝚎𝚗𝚌𝚘𝚗𝚝𝚛𝚊𝚛 𝚎 𝚝𝚎 𝚊𝚌𝚘𝚕𝚑𝚎𝚛 𝚌𝚘𝚖 𝚞𝚖𝚊 𝚙𝚊𝚕𝚊𝚟𝚛𝚊; 𝚞𝚖 𝚘𝚕𝚑𝚊𝚛; 𝚞𝚖 𝚐𝚎𝚜𝚝𝚘; 𝚞𝚖 𝚖𝚘𝚟𝚒𝚖𝚎𝚗𝚝𝚘. 𝙴𝚜𝚜𝚎 é 𝚘 𝚌𝚎𝚛𝚝𝚘. 𝚀𝚞𝚎𝚛𝚎𝚖𝚘𝚜 𝚎𝚜𝚝𝚊𝚛 𝚌𝚘𝚖 𝚟𝚘𝚌ê 𝚝𝚘𝚍𝚘𝚜 𝚊𝚜 𝚑𝚘𝚛𝚊𝚜; 𝚝𝚘𝚍𝚘𝚜 𝚘𝚜 𝚍𝚒𝚊𝚜; 𝚝𝚘𝚍𝚘𝚜 𝚘𝚜 𝚖𝚎𝚜𝚎𝚜 𝚎 𝚊𝚗𝚘𝚜. 𝚀𝚞𝚎𝚛𝚎𝚖𝚘𝚜 𝚜𝚊𝚋𝚎𝚛 𝚚𝚞𝚎 𝚟𝚘𝚌ê 𝚎𝚜𝚝á 𝚋𝚎𝚖 𝚙𝚊𝚛𝚊 𝚏𝚒𝚌𝚊𝚛𝚖𝚘𝚜 𝚋𝚎𝚖. 𝙲𝙾𝙽𝚃𝚁𝙸𝙱𝚄𝙰 𝚌𝚘𝚖 𝚘 𝚅𝙰𝙻𝙾𝚁 𝚀𝚄𝙴 𝙳𝙴𝚂𝙴𝙹𝙰𝚁 𝚎 𝚌𝚘𝚗𝚝𝚒𝚗𝚞𝚊𝚖𝚘𝚜 𝚜𝚎 𝚟𝚘𝚌ê 𝚚𝚞𝚒𝚜𝚎𝚛 𝚚𝚞𝚎 𝚌𝚘𝚗𝚝𝚒𝚗𝚞𝚎𝚖𝚘𝚜. 𝐀 𝐩𝐚𝐫𝐭𝐢𝐫 𝐝𝐞 𝐔𝐒𝐃 $ 𝟏𝟎 / 𝐔𝐒𝐃 $ 𝟏𝟎𝟎 / 𝐔𝐒𝐃 $ 𝟏.𝟎𝟎𝟎 / 𝐔𝐒𝐃 $ 𝟏𝟎.𝟎𝟎𝟎

$10.00

Anúncios